Cubas Vence Aberto de Barreirinhas

Aconteceu neste último final de semana, em pleno paraíso dos lençóis maranhenses, o Aberto do Brasil de Barreirinhas – com o patrocínio de Athenas Infraestrutura e Edificações e Gran Solare Lençóis Resort. O evento, realizado pela equipe Xadrez Total, capitaneada pelo AI Mauro Amaral, ainda contou com o apoio da Federação Maranhense de Xadrez; Liga Maranhense de Xadrez; Smart Chess; e, claro, da nossa Academia Rafael Leitão.

 

O evento, que distribuiu uma premiação total de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) – sendo R$ 3.000,00 (três mil reais) só para o campeão – atraiu 50 privilegiados jogadores (se não acredita, procure fotos de Barreirinhas e do Gran Solare Resort). Dentre os participantes, tivemos a ilustre presença de seis GMs: Neuris Delgado; Sandro Mareco; Krikor Mekhitarian; André Diamant; Andrés Rodriguez e José Cubas – além dos MIs Renato Quintiliano e Yago de Moura Santiago e da WMI Maria Florência Fernandez, da Argentina.

 

Apesar dos recentes sucessos do GM Neuris e Mareco (este último, inclusive, havia sido recém-coroado Campeão Argentino Absoluto – veja uma de suas melhores partidas no Argentino clicando aqui), a vitória magistral foi do aguerrido GM paraguaio José Fernando Cubas. O GM Cubas, provavelmente acostumando aos ventos praieiros (já que há anos joga pela cidade de Santos os tradicionais Jogos Regionais e Jogos Abertos do Interior de São Paulo), sentiu-se em casa em Barreira e somou 5,5 pontos em 6 possíveis.

 

Além da taça, Cubas “carimbou” a faixa do GM Mareco, vencendo-o na quarta rodada – e, em seguida, vencendo também o repatriado (ao Brasil e ao xadrez) GM André Diamant. O único empate de Cubas foi na última rodada contra o MI Renato Quintiliano. Que, aliás, apesar da derrota para o GM Krikor Mekhitarian na quarta rodada (e mesmo esta partida foi considerada uma das melhores deste Aberto pelo nosso GM Rafael Leitão – veja as análises dela aqui), também jogou um excelente torneio – na terceira, por exemplo, ele venceu o GM Neuris Delgado. Veja as análises da partida aqui.

 

Mas o melhor brasileiro não foi nem Krikor nem Quintiliano, foi o MI Yago de Moura Santigo – que, curiosamente, também perdeu para Krikor, mas venceu na quinta rodada o GM uruguaio Andrés Rodriguez.

 

salão de jogos barreirinhas
Salão de jogos do torneio

 

 

A classificação final foi a seguinte (os doze primeiros, abaixo. Por que justamente doze? Por motivos óbvios e, portanto, autoexplicativo abaixo):

 

  1. José Fernando Cubas 5½
  2. Sandro Mareco 5
  3. Yago De Moura Santiago 5
  4. Krikor Sevag Mekhitarian 4½
  5. Renato R. Quintiliano Pinto 4½
  6. André Diamant 4½
  7. Neuris Delgado Ramirez 4
  8. Andres Rodriguez Vila 4
  9. Maria Florencia Fernandez 4
  10. Felipe Soares Damous 4
  11. Bergson Fragoso F. Filho 4
  12. Nicolau Leitão 3,5

 

Assim como a Academia de Xadrez Rafael Leitão inaugura um novo espaço, que este forte torneio seja o começo de uma nova fase do xadrez maranhense!

 

Fonte: Xadrez Total

Escrito por Equipe Academia de Xadrez Rafael Leitão 19.10.2015

 

 

3 Respostas a “Cubas Vence Aberto de Barreirinhas”

  • Franco

    Torneio de primeira, show!!!

  • Adriano Cunha

    Parabéns pelo novo site plataforma amigavel e muito fácil de utilizar.

    • Rafael Leitão

      Obrigado, Adriano!

Deixe seu comentário