FIDE Pune Grande Mestre Por Acusar Adversária Da Filha De Fraude

FIDE Pune Grande Mestre Por Acusar Adversária Da Filha De Fraude

O Grande Mestre russo Evgeniy Solozhenkin (2427), 52 anos, foi suspenso por 18 meses pela Federação Internacional de Xadrez (FIDE) por fazer acusações infundadas de trapaça. Nesse período, o GM não poderá comparecer nos torneios da Federação Internacional seja como jogador, treinador, organizador, gerente, árbitro, acompanhante ou em qualquer outra função.

C:UsersUserDesktopTECNICO.jpg GM Solozhenkin e a contra capa do seu livro sobre Ruy Lopez

 

Entenda o caso

O incidente começou quando o treinador fez publicações na internet acusando a enxadrista russa Bibisara Assaubayeva, 13 anos, de fraude. Evgeniy Solozhenkin trouxe a público um episódio supostamente ocorrido no Campeonato Mundial, no Uruguai, em 2017. Na ocasião, a filha de Evgeniy, Elizaveta Solozhenkin, 14 anos, afirmou que Bibisara estava no banheiro e recebeu ajuda externa durante a segunda rodada.

C:UsersUserDesktopasaubaeva_bibisara14.jpg

Prata em 2017, Assaubayeva venceu o mundial sub-8, realizado em Caldas Novas – 2011

 

Nesse momento, Bibisara enfrentava uma enxadrista dos Estados Unidos e Elizaveta jogava contra uma garota eslovena. Ambas eram rivais na categoria sub-14 feminino. Bibisara Assaubayeva estava com 2421 pontos de rating e terminou na segunda colocação. Já Elizaveta Solozhenkin, na ocasião com 2248 pontos, foi a terceira colocada. A indiana D. Jishitha (2086), ficou com o título.

 

C:UsersUserDesktopGILRS.jpg

Elizaveta Solozhenkin conquistou o bronze no mundial sub-14, em 2017

 

Evgeniy Solozhenkin também coloca em dúvida o rápido aumento do rating de Bibisara Assaubayeva e ainda analisa algumas partidas da enxadrista, a fim de demonstrar a “evidente” fraude durante os jogos.  Segundo o Grande Mestre, algumas sequências de lances são de enxadristas com força mínima de 2.500.

Atualmente, Bibisara tem 2.359 pontos de rating e possui o título de MF. Já Elizaveta está com 2.236 pontos e possui o título de WMI. Ambas estão no top 15 do mundo em suas respectivas categorias: sub-14 e sub-16 feminino.

 

Mãe de Bibisara Assaubayeva responde

Liana Tanzharikova, a mãe de Bibisira, negou as acusações e contratou um advogado famoso na Rússia para abrir um processo contra Evgeniy Solozhenkin. Ela exige $50 mil dólares por danos morais. “Eu quero proteger a honra e a dignidade da minha filha. Trata-se de violência moral contra uma criança. A violência deve ser punida. Todos sabem que a lei funciona e ninguém pode violá-la”, afirmou Liana.

Ainda para Tanzharikova, a punição da FIDE não é forte o suficiente. “Em minha opinião, ele deveria ser proibido de trabalhar com crianças. Essa punição não é tão severa e pouco afetou as atividades de Solozhenkin. Ele ainda se move por todo o país e no exterior com o seu trabalho de treinador”, opina a mãe da enxadrista.

 

Evgeniy Solozhenkin não muda de opinião

Apesar da punição, o Grande Mestre afirma não se arrepender das publicações e diz ter a consciência limpa quanto o caso. “Eu não contei nenhuma mentira nessa história. Para mim, o valor das conquistas esportivas de Bibisara é zero”, afirma Solozhenkin.

 

FIDE justifica a decisão e Federação Russa se mantém neutra

O Comitê de Ética da FIDE analisou os documentos de acusação e defesa. Além disso, consultou o relatório de uma investigação sobre o suposto uso de computadores durante as partidas de Bibisira.  A conclusão final é de que não há evidências suficientes para comprovar qualquer tipo de violação as regras durante os jogos.

Sendo assim, segundo a FIDE, ao fazer acusações sem suficientes fundamentos, o GM Evgeniy Solozhenkin violou o código de ética, o que justifica a suspensão de 18 meses, com a hipótese de redução para nove meses em caso de não haver reincidência.

Já a Federação Russa de Xadrez declarou que Solozhenkin não ofereceu provas claras. Portanto, Bibisara não precisava provar inocência. E, mesmo desaprovando as publicações, a Federação Russa não tem a intenção de punir o treinador.

 

41 GM´s pediram clemência a Solozhenkin

Em apoio ao treinador, 41 Grandes Mestres assinaram uma carta de apoio a Evgeniy Solozhenkin. O documento pede o cancelamento da punição e afirma: “Evgeny dedicou toda a sua vida ao xadrez. O xadrez não é apenas um jogo para ele, mas é também sua única profissão. Evgeniy tem dois filhos menores, que ficarão desprovidos em função da decisão da FIDE”.

 

Outras opiniões

O GM Sergey Shipov não tomou partido e chamou o caso de repugnante. Já o GM Vladimir Potkin defendeu Bibisara Assaubayeva: “Na minha opinião a fraude está fora de questão. Em nosso treinamento conjunto, Bibisara mostrou uma grande imaginação e uma facilidade invejável para encontrar boas ideias”, declarou Potkin.

O jornalista e organizador Evgeny Atarov propôs uma curiosa solução: um match entre as duas meninas. Nesse contexto, o GM Sergey Beshukov até ofereceu R$12 mil – em moeda local – para a disputa, porém, a ideia do match  não se concretizou.

 

O que você acha: a decisão da FIDE foi justa? Deixe sua opinião nos comentários.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

One Reply to “FIDE Pune Grande Mestre Por Acusar Adversária Da Filha De Fraude”

  • Miguel Angelo

    Há um monte de enxadristas enganadores e medíocres , ( em todos os esportes e profissões ) isso é fato , pois a capacidade criativa e genialidade não se pode comprar e adquirir com treinamento intensivo ... no caso ocorrido , deve-se investigar detalhadamente para não se cometer injustiças ; hoje ainda temos como " verificar de imediato " essas ações desonestas e estúpidas , agora imagine o que ocorria em torneios em décadas passadas !

Deixe seu comentário