Campeonato Mundial: Empates e Videogate

Campeonato Mundial: Empates e Videogate

Campeonato Mundial: Empates e Videogate

 Carlsen Esteve Mais Próximo do Gol nas Rodadas Iniciais e o Vazamento de Informações sobre Caruana

C:UsersUserDesktopcarlsen x caruana.jpg

 

As quatro rodadas iniciais do Campeonato Mundial, disputado em Londres desde o último dia 9 de novembro, terminaram em empate.  A partida inaugural do match foi a mais emocionante até então. Mesmo com as peças pretas Magnus Carlsen construiu uma excelente posição na abertura, mas faltou precisão para arrematar o ponto em um duelo de 115 lances. Fabiano Caruana esteve nas cordas, mas teve a força necessária para seguir em pé e resistir.

As outras três partidas podem ser resumidas em trocas de vantagens minúsculas e interessantes ideias de aberturas, porém, nada suficiente para quebrar o equilíbrio. Em uma comparação simples com o futebol, o match segue intenso, com muita marcação, porém, até o momento Carlsen foi quem teve a grande chance de gol e poderia ter aberto o placar. A velha máxima do futebol: “quem não faz, leva!” também se aplica ao xadrez?

 

Carlsen Desvia do Repertório Habitual

A jogada preferida do atual campeão mundial contra 1.e4 é 1…e5, porém, Magnus Carlsen jogou a Defesa Siciliana (1…c5) nas duas partidas de pretas. Fabiano Caruana optou pela variante Rossolimo em ambas as ocasiões. O desafiante teve muitos problemas na primeira partida, mas melhorou a variante e, se não foi possível conseguir vantagem, ao menos evitou qualquer risco na segunda vez em que esteve de brancas.

Já com as peças brancas, Carlsen escolheu 1.d4 na segunda rodada e 1.c4 na quarta. Nas duas ocasiões Caruana mostrou uma excelente preparação e não teve problemas. Carlsen ainda não usou sua arma principal 1.e4 e, provavelmente, irá jogá-la na sequência do match.

 

Preparação de Caruana é “divulgada”

C:UsersUserDesktopvaz.jpg

A imagem correu o mundo e pode mudar o rumo do Campeonato Mundial

 

Um fato novo pode mudar toda a história do Campeonato Mundial. Pouco antes da quarta rodada, um vídeo foi divulgado com informações importantíssimas sobre a preparação de Fabiano Caruana. O vídeo mostra imagens de Caruana e seus analistas: Rustam Kasimdzhanov (Uzbequistão), Leinier Domínguez (Cuba), Cristian Chirila (Romênia) e Alejandro Ramírez (Estados Unidos), durante a concentração na luxuosa casa de campo do empresário Rex Sinquefield, no estado de Missouri, nos Estados Unidos.

Até então, nenhum problema, porém, de repente o vídeo mostra a tela de um notebook com parte de um suposto repertório de aberturas preparado por Caruana para o Campeonato Mundial. A imagem mostra preparações no Gambito de Dama Recusado, abertura jogada por Caruana na partida 2. Indica que o americano jogará a Petroff contra 1.e4, e em caso de 1.d4 também poderá jogar posições da Grunfeld.

Curiosamente, nada consta na base contra 1.c4, a jogada escolhida por Carlsen na quarta partida. As informações do vídeo teriam influenciado a escolha da abertura por parte do campeão mundial? Quando questionado após a partida 4, Carlsen afirmou: “Eu posso dizer com sinceridade que eu não vi o vídeo, mas estou ciente de sua existência.” Já Caruana preferiu não comentar o assunto.

 

Possibilidades

C:UsersUserDesktopSem título (1).jpg

Como reagir diante do fato novo?

 

O vídeo foi rapidamente removido após o incidente. Provavelmente, as informações sobre o repertório de Caruana são de fato verdadeiras e os responsáveis pelo vídeo não devem ter nenhuma ideia de xadrez e da importância de tais dados. De qualquer forma, os assessores do desafiante foram negligentes ao não assistirem o vídeo antes da publicação. Com uma simples edição, isso seria evitado.

Mais experiente em Campeonatos Mundiais, a equipe de Carlsen também produziu um vídeo da concentração do campeão mundial, mas tudo que poderia dar indicações a respeito do seu treinamento foi propositalmente borrado na edição.

Mentes maquiavélicas cogitam a hipótese de que o vazamento foi proposital para confundir Magnus Carlsen. Porém, felizmente, Fabiano Caruana não demonstra ter o perfil para dar esse tipo de golpe psicológico.

Fabiano Caruana correrá atrás de um novo repertório de aberturas? Carlsen acreditará fielmente nas publicações divulgadas? Quais as consequências desse suposto vazamento de informações para o match? Deixe sua opinião nos comentários.

 

Opinião do GM Rafael Leitão:

O vazamento desse vídeo, que já está sendo chamado de “videogate” por alguns sites internacionais, não tem qualquer relevância para o match e não fará a menor diferença no resultado. Existe um exagero na percepção do público sobre a importância da preparação de aberturas. A ponto de muitos acreditarem que a simples observação de uma base de dados, na qual apenas títulos de variantes aparecem, possa fazer uma grande diferença. Imitando o estilo de Walter Sobchak, personagem brilhantemente interpretado por John Goodman em “O Grande Lebowski” (melhor filme da história do cinema): “Você quer uma base de dados? Eu arranjo uma pra você em 5 minutos”.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

Imagens: Site Oficial

.

Comment ( 1 )

  • Francisco Federico

    Concordo com o GM Rafael. O xadrez está cientificamente muito explorado especialmente no tocante às aberturas. No grau que foi atingido as aberturas têm feito com que se entre no meio-jogo com relativo equilíbrio. A exposição deste vídeo em nada irá afetar o resultado. Um match entre os melhores enxadristas da atualidade foi muito aguardado, mas a preparação apurada de ambos faz com que haja muito equilíbrio. Em minha visão acho que na segunda metade do match nenhum atleta irá se atrever a tentar surpreender sob o risco de sofrer um contra-ataque e consequente derrota que poderá não ser recuperada. Em virtude disso muitas vezes são jogadas as mesmas aberturas e variantes repetidas. Acredito que ambos preferem levar para o tie-break. Ao meu ver, uma decisão assim também não corresponde. Nem sempre o campeão do xadrez “pensado” é o campeão do xadrez “rápido”. São modalidades de xadrez totalmente diferentes. Comparo com uma decisão de um campeonato de futebol com uma partida de futsal. Entendo que o xadrez ficou muito nivelado e tecnicamente explorado ao máximo. Sendo assim, acredito que a melhor forma de definir um campeão seria um formato como do tênis de quadra. A FIDE poderia organizar vários torneios expressivos durante o ano, inclusive grand slan, melhorando a premiação em dinheiro por meio de bons patrocinadores e o enxadrista com maior rating sendo o número 1. Pronto falei.

Post a Reply