Ding Liren Perde Depois de 100 Partidas de Invencibilidade

Ding Liren Perde Depois de 100 Partidas de Invencibilidade

Ding Liren Perde Depois de 100 Partidas de Invencibilidade

C:UsersUserDesktopding liren.jpg

Ding Liren, +21 =79

 

Guerreiros transmitem a ideia de invencibilidade desde a Antiguidade. Mas a realidade é que não existem seres humanos invencíveis, todos têm debilidades, um calcanhar de Aquiles para levar à falência. No xadrez, o chinês Ding Liren, 26 anos, estava invicto há 100 partidas, com 21 vitórias e 79 empates. Sua invencibilidade de 15 meses foi interrompida pelo francês Maxime Vachier-Lagrave na sétima rodada do Masters de Shenzhen, na China. Confira a partida.

De qualquer forma, Ding Liren entra para a história por permanecer tantos jogos sem derrota contra oponentes da elite mundial. Até então, o recorde histórico mais conhecido é o do ex-campeão mundial, Mikhail Tal. Entre 1973 e 1974, Tal ficou 95 jogos sem perder, com 46 vitórias e 49 empates.

O recorde de Tal é o mais citado em razão da força dos adversários. A oposição de Ding Liren é igualmente feroz, pois o chinês passou invicto pelos principais torneios do mundo: Copa do Mundo, Olimpíadas, Torneio de Candidatos, além de torneios fechados fortíssimos como, por exemplo, o Norway Chess.

 

C:UsersUserDesktoptal.jpg

Mikhail Tal, +46 =49

 

Tiviakov Reclama

No entanto, o Grande Mestre Sergei Tiviakov reclama o recorde mundial de invencibilidade. De acordo com publicação do chessbase.com, Tiviakov ficou 110 partidas sem derrota (57 vitórias e 53 empates) entre 2004 e 2005. De fato, Tiviakov enfrentou muitos adversários de força inferior e ele admite isso, porém, o enxadrista acredita que seu desempenho deve ser reconhecido.

“Foi um período muito bom. Eu não estava perdendo e ganhava muitos torneios. No final de 2005, meu rating era de 2700 (#20 no mundo). Considerando a inflação, é cerca de 2750 agora.  Entre os meus oponentes estavam: Carlsen, Ivanchuk, Aronian, Radjabov, Dreev, Wojtaszek e muitos outros. É claro que é impossível comparar a força dos jogadores naquela época e agora. Todos os tempos tiveram seus próprios heróis”, afirma Tiviakov.

 

C:UsersUserDesktoptiviakov.jpg

Sergei Tiviakov, +57 =53

 

Ding Liren Rumo ao Topo

Na lista da FIDE de setembro de 2017, Ding Liren era o 13º enxadrista do mundo com um rating de 2771. Agora, o chinês está com 2815 pontos e é um dos quatro jogadores acima da barreira dos 2800. Ou seja, no último ano Ding Liren mudou de patamar no cenário internacional. Antes, o chinês era “apenas” um jogador fortíssimo da elite. Hoje, é um sério candidato ao título mundial.

 

Duelo Histórico: Ding Liren x Rafael Leitão

Brasil e China se enfrentaram na terceira rodada da Olimpíada de Baku, no Azerbaijão, em 2016. Os chineses eram os atuais campeões olímpicos e venceram os brasileiros por 3×1. No entanto, o Grande Mestre Rafael Leitão fez uma partida espetacular contra Ding Liren. No lance 20, Leitão fez uma jogada que considera uma das melhores da carreira. Confira a partida.

Na ocasião, os chineses terminaram na 13ª colocação, uma decepção para o padrão chinês. Em Batumi 2018, a equipe absoluta da China voltou a conquistar o ouro. O Brasil terminou em 23º em 2016 e 63º em 2018.

 

Qual das 3 invencibilidades é a mais impressionante na sua opinião? Deixe sua opinião nos comentários.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

No Comments

Post a Reply