Firouzja Vence Carlsen na Final da II Copa Dicharachera Online

O coronavírus está fazendo o xadrez online se popularizar ainda mais. São diversos torneios diários em vários horários. Muitas opções para quem deseja manter o cérebro ativo e se divertir jogando uns blitz.

Pelo ritmo de jogo acelerado e devido ao caráter amistoso das partidas, esses torneios raramente repercutem na mídia especializada do xadrez. Porém, a final da II Copa Dicharachera do site chess24 quebrou esse tabu.

 

Firouzja Campeão

Isso porque Alireza Firouzja venceu Magnus Carlsen por 8,5 x 7,5 em um match de 16 partidas online, com ritmo de 3 minutos (sem incremento) para cada jogador. E não foi um simples confronto, foi um duelo épico.

Apesar do tempo de jogo privilegiar a velocidade em detrimento da qualidade dos lances, algumas partidas foram fantásticas. E, por se tratar de blitz, não faltou emoção nos últimos segundos de alguns jogos. 

Não foi apenas mais um match de xadrez online. Esse duelo entra para a história porque foi a primeira e única derrota de Magnus Carlsen em um evento oficial pela internet. Seja no tabuleiro ou no computador, Magnus Carlsen é quase imbatível, o que evidencia ainda mais o feito do jovem Firouzja.

 

Firouzja x Carlsen

Firouzja 8,5 x 7,5 Carlsen

 

A Maior Ameaça a Carlsen

Esse prodígio iraniano de 16 anos que, em virtude dos devaneios de quem governa o seu país, teve de se mudar para a França para seguir sua jornada rumo ao topo, parece ser a maior ameaça a Carlsen na disputa pelo título mundial nos próximos anos.

Em teoria, nenhum dos oito participantes do Torneio de Candidatos, paralisado na metade da disputa pela pandemia, parece ter reais condições de vencer Carlsen em um match pelo Campeonato Mundial.  

Firouzja, no entanto, deve ser uma ameaça real nos próximos ciclos. Ao contrário de todos os demais concorrentes, o iraniano que joga pela bandeira da FIDE desenvolve o seu jogo sem medo do campeão mundial. Não há aquele complexo de inferioridade latente nos demais concorrentes.

 

Firouzja: “Eu Só Penso em Xadrez”

Ainda sobre a final da II Copa Dicharachera, o campeão Alireza Firouzja faturou $16 mil dólares pelo título, enquanto Magnus Carlsen ficou com $9 mil. Outra característica especial desse torneio é que os jogadores são obrigados a comentar os lances durante a partida. 

Depois do match, Firouzja foi questionado em relação ao número de horas dos seus treinamentos: “O número de horas depende do dia, mas ,em geral, a única coisa que eu penso é xadrez”, afirmou o campeão.  

 

Justiça a “Pepe”

E que justiça seja feita ao Grande Mestre espanhol, Jose Fernando Cuenca Jimenez, o “Pepe Cuenca”. Que narração espetacular! Pepe narra uma partida de xadrez com a mesma velocidade e ritmo de um jogo de futebol. Se todo mundo lembra dos bordões de Galvão Bueno, o “ratatatatatatata” de Pepe Cuenca também já está no imaginário de muitos amantes do xadrez.

Alireza Firouzja vai corresponder à expectativa ou vai ficar pelo caminho na busca pelo título mundial? Deixe sua opinião nos comentários?

 

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

Texto escrito pelo MF William Ferreira da Cruz.

One Reply to “Firouzja Vence Carlsen na Final da II Copa Dicharachera Online”

  • Eduardo Sá Brito Sigwalt

    Minha modesta opinião:
    Acho que o Firouzja já é um dos 3 melhores jogadores nos ritmos rápidos, pelo menos nos onlines sem rating Fide (Nakamura nessa lista também).
    Contudo, creio que a experiência e o psicológico precisam ser lapidados gradativamente neste jovem e talentoso jogador. Ao meu ver o iraniano está naturalmente ficando mais confiante no seu jogo.
    Recentemente no Tata Steel Alireza vinha muito bem no torneio e acabou perdendo, de brancas, para o Magnus em uma Ruy-Lopez. Depois desta derrota ele não teve tão boas performances no torneio, obviamente pode ter sido coincidência ou talvez um abalo emocional.
    Contudo o grande diferencial é que o adolescente não aparenta ter medo de enfrentar o xadrez do Magnus.
    Vejo o Caruana evoluindo tb nos ritmos rápidos.

Deixe seu comentário