Isle of Man 2016: Eljanov Campeão!

A Ilha de Man é uma dependência da coroa do Reino Unido, que inclui a ilha principal, do mesmo nome, e algumas ilhotas adjacentes, no mar da Irlanda. A capital, Douglas, recebeu de 1 a 9 de Outubro o fortíssimo torneio internacional Isle of Man – disputada em 9 rodadas, a competição contou com diversas estrelas do xadrez mundial, sobretudo o trio olímpico norte-americano: Caruana, Nakamura e Wesley So que formavam, respectivamente, o top três do evento.

 

 

Mas o grande herói do torneio passou longe das terras do Tio Sam. O ucraniano Pavel Eljanov, numa atuação de gala, foi o grande campeão.

 

isle2

Eljanov na partida decisiva da última rodada contra Wesley So

 

Após vencer a primeira rodada, Eljanov, 2741, “tropeçou” na segunda rodada contra o Grande Mestre israelense Ilya Khmelniker – de 2493 (quase 300 pontos a menos que Eljanov). Mas numa recuperação impressionante, Pavel venceu cinco partidas consecutivas. Destaque para as vitórias em cima do eterno romântico Alexei Shirov, que vinha de uma excelente olimpíada, e contra o GM indiano Santosh Gujrathi Vidit – que também havia brilhando nas olímpiadas. Os empates contra Caruana e Wesley So, ao final, foram suficientes para Eljanov “levar o caneco” para casa. 7,5 pontos em 9,0 possíveis, mais 15,5 pontos de rating, e uma performance de 2880. Nada mau! Como ele escreveu em sua conta pessoal do twitter: “Feliz por haver ganhado o Aberto de Ilha de Man. Parece que fui infectado pelo vírus de Volokitin das Olimpíadas. O tempo de período de incubação foi ótimo!” (Eljanov faz referência ao seu companheiro de equipe ucraniana, Andrei Volokitin, que também fez uma excelente olimpíada – não só pela série de vitórias, mas também pelo xadrez apresentado. Sua partida contra Grischuk, por exemplo, será lembrada durante muito tempo).

 

Dvoretsky

 

O segundo lugar ficou com Fabiano Caruana – que teve que vencer sua partida na última rodada contra Sir Michael Adams (clique aqui para ver) e, assim, conseguir alcançar Eljanov na primeira colocação. Embora, ao final, os critérios de desempate do GM ucraniano tenham sido melhores.

 

isle3

 

UM FUTURO CAMPEÃO MUNDIAL?

 

Mas dentre tantas nomes consagrados, e até com a atuação excepcional de Eljanov, as atenções acabaram sendo divididas com um novo fenômeno do xadrez mundial: O MI mais jovem do mundo, o indiano R. Praggnanandhaa (2442), de apenas 11 anos.

 

isle4

 

Na última rodada, Praggnanandhaa venceu o GM paraguaio Axel Bachman – que resolveu fugir da teoria e jogar uma abertura pouco convencional. Bachmann foi duramente castigado – clique aqui e veja esta violenta partida (que deveria ser proibida para menos de 18 anos, mas o protagonista possui 11… o que fazer?).

Será que estamos vendo “nascer” um futuro campeão mundial?

 

FONTES

Chess Base

 

Escrito por Equipe Academia de Xadrez Rafael Leitão 12.10.2016

No comments

Deixe seu comentário