Memorial Gashimov – Vitória do Lenhador!

 

Mamedyarov atropela na reta final!

 

Havia poucas dúvidas, em nossa última reportagem sobre o Memorial Gashimov, de que Fabiano Caruana levaria o caneco. Faltavam apenas duas rodadas para o final e o GM ítalo-americano liderava com meio ponto de vantagem à frente de Giri e com um ponto inteiro à frente de Karjakin e Mamedyarov – este último, jogando em casa, importante frisar, mas pouquíssimo lembrando em nossas reportagens passadas sobre o evento.

Nas duas últimas rodadas o saudoso GM Vulgar Gashimov deve ter sorrido feliz lá de cima. Seus compatriotas “resolveram” ganhar as partidas. Em especial ele, a lenda, (agora leia como um narrador de luta livre): Shaaaaaaaakkkkkkhriyar Mamedyaroooov, ooooooo LEEENHAAAADOR!

 

 mamedyarov04

[Mamedyarov esculpiu esse Rei com seu machado. É verdade.]

 

Shakhriyar Mamedyarov (2748), vulgo “Lenhador”, dono de um estilo bruto e devastador de onde se extraiu a alcunha (nada contra os lenhadores, nunca é demais salientar) venceu na oitava rodada o até então líder do torneio, Caruana, e na última atropelou o segundo colocado Anish Giri (na verdade, não atropelou. Venceu uma partida em que trocaram as damas rapidamente e com posteriores manobras posicionais e num final de torres bem jogado. Mas é que falar “atropelou” é mais emocionante e condiz melhor com a figura do Lenhador).

 

mamedyarov02

[Sim, a vitória contra Giri deve ter sido entediante para os padrões do Lenhador…]

 

Mas a questão é que, mesmo após as duas vitórias seguidas, Mamedyarov terminou empatado na primeira colocação com Caruana. E, pelo regulamento do torneio, a primeira colocação não seria decidida por algum burocrático milésimos, confronto direito etc, mas num emocionante match de 4 partidas – duas rápidas e duas blitz.

 

Jogue Blitz na Internet como um GM

 

 

E como vimos na lendária volta de Kasparov em Saint Louis, este ano, blitz não é bem a praia do Caruana… Por outro lado, Mamedyarov está em casa – ou melhor, estava mais uma vez em casa. Três empates e uma vitória para o Lenhador. A torcida local foi ao delírio. Vitória emocionante e merecida e deste verdadeiro lutador do xadrez mundial.

 

Vida longa ao Lenhador!

 

shamkir-mamedyarov-triunfo

 

FONTES

Site Oficial

 

Escrito por Equipe Academia de Xadrez Rafael Leitão 07.06.2016

No comments

Deixe seu comentário