Partidas Inesquecíveis: Leitão, Rafael 1-0 Karpov, Anatoly

Inaugurando uma série “Partidas Inesquecíveis”, analiso os momentos finais de minha partida rápida contra o lendário Anatoly Karpov, disputada no torneio em homenagem aos 450 anos de SP, em 2004.

 Leitão,R – Karpov,A

São Paulo rapid (2), 2004

1.e4 e5 2.Cf3 Cf6 3.Cxe5 d6 4.Cf3 Cxe4 5.d4 d5 6.Bd3 Cc6 7.0-0 Be7 8.c4 Cf6 9.Cc3 0-0 10.h3 dxc4 11.Bxc4 Ca5 12.Bd3 Be6 13.Te1 Cc6 14.Bg5 h6 15.Bh4 Cd5 16.Bg3 Bd6 17.Bxd6 cxd6 [17…Dxd6 18.Ne4 Db4] 18.Dd2 Cce7 19.Te2 Tc8 20.Tae1 Dc7 21.Cxd5 Cxd5 22.Ch4 Bd7 [22…Dd7 23.a3+/=] 23.Cf5 Bxf5 24.Bxf5 Tcd8 25.Bg4+/- Db6 26.Bf3 Cf6 27.Te7 d5 28.T1e3 Tb8 29.Tb3 [29.T3e5 Tfd8; 29.g4] 29…Da6 30.a3 Tfc8 31.Tc3 Db6 32.g3 Rf8 33.Te5 Txc3 34.Dxc3 Td8 35.Rg2 Dd6 36.h4 b6 37.Te1 g6 38.Tc1 Td7 39.Dc8+ Rg7 40.Tc6 De7

karpov x leitão

Jogar com um campeão mundial é uma sensação indescritível. Cresci vendo partidas do Karpov, seu jogo posicional refinado, sua profilaxia (marca registrada) e vi todas as partidas de seus épicos embates contra Korchnoi e Kasparov. Enfrentá-lo é uma grande honra para qualquer amante do jogo de xadrez. Apesar de já ter enfrentado Anatoly Evgenevich antes, no Memorial Najdorf em 2000, naquela partida – muito por minha culpa – não tivemos uma verdadeira batalha. Aproveitei a primeira chance de repetição teórica e forcei o empate de brancas, em uma Caro-Kann. Já neste torneio rápido, realizado em 2004 em homenagem aos 450 anos de SP, naturalmente o jogo seria mais solto. Consegui uma pequena vantagem em uma Defesa Petroff. Tínhamos ambos pouco tempo no relógio (menos de 5 minutos) quando, nesta posição, fui atraído por um tema tático.

41.Rxf6?

[41.Db8+/= Com esta jogada seria possível conservar uma pequena vantagem. As brancas combinam ideias de Tc8 ou De5. A vantagem, entretanto, é pequena.]

41…Rxf6??

Karpov pensou até ficar com cerca de 1 minuto no relógio, quando, para minha felicidade, aceitou o sacrifício! Um dos temas mais importantes no xadrez é o de “lances intermediários”. Essa técnica, combinada com a de “lances candidatos”, permitiria às pretas encontrar a solução aqui. As opções são 41…Td8 ou 41…Tc7. Qual o mais preciso? 41…Rd8! refutaria convincentemente o sacrifício. As brancas teriam que lutar pelo empate após 42.Rxf7+ (42.Rxg6+ é semelhante.42…Kxf7-/+; 41…Rc7?! Seria pior, já que o rei preto teria que passear pelo centro do tabuleiro. 42.Qb8 Kxf6 43.Qh8+ Ke6 44.h5!? com certa compensação.]

42.Dh8+ 

Agora as brancas ganham forçado.

42…Kf5


[42…Ke6 43.Qe5#]

43.g4+ Kf4 44.Qxh6+ g5 45.hxg5

Este é o detalhe que escapou a Karpov. Provavelmente ele não viu que a dama branca tem a casa h2 depois de 45…Dxg5. Mesmo tendo sido uma partida rápida e com erros táticos, esta foi uma das vitórias mais importantes da minha carreira. Ganhar de um campeão mundial é algo especial. 1-0

 

 

4 Respostas a “Partidas Inesquecíveis: Leitão, Rafael 1-0 Karpov, Anatoly”

  • Anônimo

    Rafael:¡Qué interesante combinación! Con tan poco tiempo, pueden omitirse sutiles detalles, pero ello no le resta mérito a su victoria. Como super fanático de Karpov que soy, lo felicito por esta partida. Tolia podrá ser mayor, pero siempre conservó su calidad como jugador y la prodiga todavía. Si no, fíjese en el último torneo de Cap d'Agde. Casi lo gana otra vez, como el de 2012!Saludos cordiales desde Argentina

  • Edson Maia Carlos Filho

    Boa tarde !
    Rafael,
    Ter a oportunidade de jogar contra Anatoly Karpov é algo único ! Sem paralelo ! Algo para ser lembrado a vida toda, ganhando ou perdendo ! Quem me dera ter esta chance...!

  • Pol Pot

    Se pensarmos na quantidade de vezes que Karpov jogou disputando ou defendendo o título, não há nenhuma dúvida: é o maior e melhor de toda história do xadrez.

  • Paulo

    Também perdi o Dh2# em minha análise, pensei bem mais que o Karpov auhhu. Mudando de assunto, creio que ocorreu um erro de grafia em um lance, 41.Rxf6?, seria 41.Txf6?. A análise ficou em inglês por um lance. Abraços.

Deixe seu comentário