2017 Spring Chess Classic: Fier Nos EUA

 A cidade de Saint Louis (localizada no estado do Missouri, no meio-oeste norte americano) é hoje, sem dúvida nenhuma, a “Meca” do xadrez nos EUA. Muito disso se deve aos esforços da  família Sinquefield (Rex e seu filho Randy) e, inclusive, de ninguém menos que o ex-campeão mundial Garry Kasparov – que conserva um projeto de incentivo para jovens enxadrista na cidade. Para termos ideia do comprometimento de Garry com Saint Louis e a família Sinquefield, em 2015 Kasparov participou das descontraídas sessões de blitz e partidas a várias mãos após o final da Copa Sinquefield. Melhor ainda foi no ano seguinte. Depois de terminado o Campeonato Norte-Americano (que já acontece também em Saint Louis a algum tempo) fomos presenteados com um torneio de blitz entre os três primeiros colocados do Campeonato (Nakamura, Wesley So, Caruana) e, claro, Kasparov.  Nosso GM Rafael Leitão chegou até mesmo a comentar, em vídeo, a aparição do “Ogro de Bakú”.

 

 

Desta vez, entre 16 e 24 de maio, se disputou o Spring Chess Classic (ou Xadrez Clássico de Primavera). Divido em três grupos, o evento possuía o objetivo de permitir a jovens enxadristas profissionais dos EUA ganhar experiência nesse tipo de competição (torneios fechados) e, mais que isso, enfrentar jogadores já consagrados.  Embora o nosso interesse pelo fortíssimo Grupo A (não apenas por ser o mais forte, mas por estar participando ali o GM argentino Sandro Mareco) o foco mesmo recaiu foi no Grupo B. Pois lá estava o nosso globalizado GM Alexandr Fier, o enxadrista com mais milhas do xadrez brasileiro, em visita pela primeira vez aos EUA (acreditem se quiserem!).

 

    

“Navegar é preciso, viver não é preciso”

 

Clique aqui para conhecer o plano que vai revolucionar seu xadrez.

 

Neste Grupo B, dois jogadores dividiam a primeira posição antes do início: O GM norte-americano Aleksandr Lenderman (2587) e o GM russo Vladimir Belous (2587). Logo atrás o nosso intrépido GM Fier (2569).  3 GMs e 4 Mis fechavam este grupo: GM Tamaz Gelashvili (Geórgia); GM Ioan-Cristian Chirila (Romênia); GM Akshat Chandra (EUA); MI Awonder Liang (USA); MI Ali Marandi Cemil Can (Turquia); MI Zhansaya Abdumalik (Cazaquistão); e o MI Nazi Paikidze (EUA).

Por falta de fotos do evento, segue uma cultural

(Qual o nome do quadro “tietado” pelo nosso GM? Deixe seu chute nos comentários!)

 

 

O GM Fier jogou um bom torneio e somou 6,0 pontos (4 vitórias, 4 empates e 1 derrota), terminando na quarta colocação. Duas dessas vitórias mereceram análise do GM Leitão: contra o MI Abdumalik (aqui), em mais uma Taimanov de “estimação”; e contra o GM Chandra (aqui) – num belo trabalho posicional do nosso GM.

A única derrota de Fier foi para o MI Awonder Liang que, definitivamente, estava inspirado. Liang venceu, invicto e isolado, o Grupo B com 7,5 pontos (6 vitórias e 3 empates). Awonder Liang, de apenas 14 anos!, vem sendo cotado como um dos mais promissores enxadristas dos EUA. E, com certeza, este resultado só parece confirmar este fato.

 

A tabela do Grupo B ficou assim:

JogadoresScoreFed.M/FRatingTPRW-We123456789
1IM Liang, Awonder7.5USAM24882785+3.3111111½1½½
2GM Chirila, Ioan-Cristian6.5ROUM25362673+1.6411111½½½0
3GM Lenderman, Aleksandr6.0USAM25872626+0.4611½½0½½11
4GM Fier, Alexandr6.0BRAM25692628+0.72½11011½½½
5IM Ali Marandi, Cemil Can5.0TURM24792556+0.92½1010½½½1
6GM Chandra, Akshat4.5USAM24952511+0.21½0½01½1½½
7GM Gelashvili, Tamaz4.0GEOM25632461-1.22000½011½1
8GM Belous, Vladimir3.5RUSM25872421-2.04½0011½0½0
9IM Abdumalik, Zhansaya1.0KAZF24202169-2.31001000000
10IM Paikidze, Nazi1.0USAF23722174-1.690000000½½

 

No Grupo A quem levou o caneco foi o experiente GM norte-americano Varuzhan Akobian (2661). Akobian encontra-se em excelente fase. Tanto é que chegou a disputar no tie-break o Campeonato Norte-Americano deste ano contra Wesley So – e quase surpreendeu o atual número 2 do mundo. Podemos ver o bonito xadrez que vem apresentando recentemente Akobian na sua vitória contra o GM ucraniano Andrey Baryshpolets (2591) – clique aqui.

 

Varuzhan Akobian

 

O GM argentino Sandro Mareco (2648) não teve vida fácil no Grupo A e terminou na sétima posição com 4,5 pontos – 3 vitórias, 3 empates e 3 derrotas. Apesar disso, Mareco jogou interessantes partidas. Sua vitória contra o GM georgia Giorgi Kacheishvilli (2590), por exemplo (aqui).

Qual será a próxima parada do GM Fier?

Façam suas apostas!

 

FONTES

ChessBase

Site Oficial

 

Escrito por Equipe Academia de Xadrez Rafael Leitão 29-05-2017

 

Gostou? Compartilhe esse conteúdo nas redes sociais!

 

5 Respostas a “2017 Spring Chess Classic: Fier Nos EUA”

  • Bruno

    Errata: Quem disputou o tie-break da final do americano foi o GM Shabalov, não o Akobian.

    • Rafael Leitão

      Não foi não, Bruno. O Shabalov terminou nas últimas colocações.

      • Bruno

        Perdão. Foi o GM Onischuk. É tanto GM americano naturalizado que confunde. Mas não foi o Akobian não.

        Segue o link confirmando
        https://www.chess.com/news/view/so-beats-onischuk-to-capture-first-u-s-championship-3094

        • Rafael Leitão

          Realmente, tem razão!

  • Frederico

    O quadro é A Noite Estrelada de Vincent van Gogh.

Deixe seu comentário