Copa do Mundo: Saiba O Que Aconteceu Nas Oitavas De Final

Copa do Mundo: Oitavas de Final

A Copa do Mundo de Xadrez está afunilando e agora restam apenas oito enxadristas na briga pelo título. Por se tratar de um sistema eliminatório, onde muitas decisões acontecem nas partidas rápidas, tudo pode acontecer. O sistema todos contra todos pode até ser mais justo, porém, não há dúvidas de que a maior emoção para o público está nas eliminatórias.

E o melhor, por tudo se resumir a poucas partidas, os favoritos não conseguem manter a supremacia esperada. Por exemplo, compare os dois sistemas no Campeonato Brasileiro de Futebol. Desde 2003 a disputa acontece no sistema por pontos corridos e, consequentemente, o título nunca mais saiu das equipes com maior poderio econômico.

 

Pontos Corridos Ou Mata-Mata?

Já no sistema mata-mata, parecido com a Copa do Mundo de Xadrez, entre 1985 e 2002 aconteceram finais e campeões surpreendentes como: Coritiba x Bangu em 1985 (Coxa campeão), Sport campeão em 1987 (lamento, flamenguistas), Bahia em 1988, Botafogo em 1995 (provocaçãozinha básica da redação com o GM Rafael Leitão) e Atlético Paranaense x São Caetano em 2001 (Furacão campeão, embora parte da redação não concorde que esse título tenha sido uma zebra).

Uma imagem contendo pessoa, interior Descrição gerada com alta confiança

Túlio Maravilha fez o gol do título botafoguense em 1995, o sistema mata – mata favorece as zebras?

 

Nota do GM Rafael Leitão: Flamenguistas, Botafoguenses, torcedores do Sport, Bahia, simpatizantes, além daqueles que não gostam de futebol mas adoram uma briga e não perdem a chance de jogar lenha na fogueira: o redator deve ser demitido sumariamente, por justa causa? Deixe sua opinião nos comentários!

 

Deixando as polêmicas do mundo da bola de lado e voltando para as 64 casas, apenas três enxadristas do top 10 do mundo estão entre os oito melhores: Levon Aronian (Armênia), Maxime Vachier Lagrave (França) e Wesley So (Estados Unidos). Prova de que o torneio não está sendo fácil para o top 10 é a variação de rating, até o momento todos os enxadristas dessa lista estão perdendo rating.

 

O “Grêmio” Do Xadrez

Contudo, se existe um enxadrista “copeiro”, que gosta desse estilo de competição, trata-se do russo Peter Svidler (2756). Campeão em 2011 e vice em 2015, ninguém tem mais tradição do que ele na Copa do Mundo de Xadrez. Neste ano, lá vem ele de novo. Nas oitavas de final, Svidler venceu o chinês Bu Xiangzhi (aquele mesmo que eliminou o Carlsen) nas partidas rápidas.

Uma imagem contendo pessoa, homem, mesa, interior Descrição gerada com muito alta confiança

Peter Svidler sente-se bem nesse formato de disputa: “cheirinho” de campeão?

 

Jogar Em Casa Pode Fazer A Diferença

Se tem algo importante no mata–mata é poder decidir o confronto em casa. E o georgiano Jobava Baadur (2702) usou muito bem a torcida a seu favor. Na primeira rodada venceu o espanhol Ivan Salgado (2627), no sufoco das partidas de blitz. Na segunda superou o chinês Yu Yangyi (2743), também nos desempates. E na terceira rodada foi a vez de Jobava vencer o russo Ian Nepomniachtchi (2732) e, pra variar, o gol saiu apenas nos desempates.

O representante local fez um grande torneio

 

No entanto, é muito raro um campeão vencer todas as partidas nos pênaltis, uma hora a sorte muda de lado. Nas oitavas de final, Jobava Baadur não resistiu ao estadunidense Wesley So, um dos principais candidatos ao título.

Ainda sobre as oitavas de final, apenas três matches não foram para os desempates, mais uma prova do equilíbrio entre os jogadores. Um deles foi a vitória de Aronian sobre o russo Dubov por 1,5 x 0,5. Vale lembrar que o armênio faturou a Copa do Mundo em 2005 e vive um grande momento.

 

Um Gênio

Outro confronto decidido nas partidas clássicas foi o do lendário Vassily Ivanchuk (Ucrânia) contra o holandês Anish Giri (2777). Chuk passeou nesse match, vencendo a primeira partida e ficando ganho na segunda, que terminou em empate. Seu jeito meio “maluco gente boa” atrai a torcida do público e não é pra menos: além de Giri, Ivanchuk superou nesta copa o ex-campeão mundial, Kramnik, o polonês Duda, e Kazhgaleyev, do Cazaquistão. E Ivanchuk é como aquele time de futebol que pode até não ser o seu predileto, mas que você ficaria feliz se fosse campeão.

 

Ivanchuk em seu estado puro

 

Clássico É Clássico: E Vice-Versa

Os clássicos fazem parte dos grandes momentos de uma copa. E nas oitavas de final isso não seria diferente. No clássico chinês, Ding Liren superou Wang Hao por 1,5 x 0,5 e completou a lista de matches terminados nas partidas clássicas. Nessa rodada também teve o clássico do top 10, entre Grischuk e Vachier Lagrave. Foi o confronto mais equilibrado das oitavas de final. No fim, vitória do francês Lagrave, número 2 do mundo, por 3,5 a 2,5.

Clássico top 10

 

Destaque para as duas surpresas da competição: o pouco conhecido do torcedor brasileiro, Vladimir Fedoseev, da Rússia (2731, com esse rating não pode ser tão surpresa assim), e Richard Rapport, da Hungria (2675, o único sobrevivente abaixo dos 2700). Nas oitavas de final eles eliminaram nos desempates, respectivamente: Maxim Rodshtein (o adversário do Kovalyov na polêmica da bermuda) e o russo Najer (que eliminou o Caruana!).

 

Palpites Da Infalível Redação

Por fim, os confrontos das quartas de final ficaram da seguinte forma, em negrito o palpite da redação.

Svidler (Rússia) x Vachier Lagrave (França)

Apesar do grande ano do francês, Copa do Mundo é tradição!

 

Ivanchuk (Ucrânia) x Aronian (Armênia)

Aronian é favorito, mas não dá para duvidar do Chuk.

 

Wesley So (EUA) x Fedoseev (Rússia)

Aposta conservadora.

 

Rapport (Hungria) x Ding Liren (China)

Chegou a hora de espantar a zebra.

 

E você, o que achou das comparações com o futebol? Na sua opinião algum outro título foi surpreendente? E quem classificará para as semifinais da Copa do Mundo? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe nas redes sociais.

Nota do GM Rafael Leitão (de novo): E não se esqueça – o futuro do redator está nas suas mãos!

 

 

Crédito Imagens: Site Oficial

 

Links relacionados:

Copa do Mundo de Xadrez 2017: Primeira Fase

Copa do Mundo de Xadrez 2017: Segunda Fase

Copa do Mundo de Xadrez 2017: Terceira Fase 

 

Escrito por Equipe Academia de Xadrez Rafael Leitão 15.09.2017

 

Gostou? Compartilhe esse conteúdo nas redes sociais!

12 Respostas a “Copa do Mundo: Saiba O Que Aconteceu Nas Oitavas De Final”

  • D11

    Falou bem do Furacão, então está garantido!

    • Rafael Leitão

      Lamento, D11, o Furacão não está assim tão em alta com os CEO's da Academia :)

  • Frederico Simões Soares

    Bom texto Rafael as partidas da Copa do Mundo estão cada vez mais interessantes. E um prazer e um privilégio ter essas informações que só vem engrandecer o esporte. ABRAÇO!

    • Rafael Leitão

      Obrigado!

  • Reynaldo Carvalho

    Sport????????????????????????????????????????
    Demite logo.

  • CARLOS FEDERICO FERRERO

    a nota, como sempre, brilhante, minha opinião sobre demitir o redator: levando em consideração que o mesmo não acha o campeonato 2001 do tal de "furação" uma zebra, Rafael Leitão não só não pode demitir, senão vai ter que aumentar o salario dele e melhorar as condições de trabalho já que você esta empregando uma pessoa com "necessidades especiais"..só um "incapacitado" mental pode torcer para Atletinic Bananaense..kakaka Atte.Lagarto.

  • Victor

    Pode manter o redator, humor sempre faz bem, ainda mais dando reconhecimento pro meu Grêmio :D

  • Flávio

    Sem dúvida que todo romântico do xadrez, curte o estilo de jogo do Ivanchuck, mas talvez Rapport ainda tenha um estilo de jogo ainda mais interessante! A começar pelas suas escolhas de aberturas!! Até mesmo jogando a tediosa Rui Lopez é divertido ver as suas variantes exóticas!

  • Fernando Sá de Melo

    Demissão sumária e por justa causa ao redator que considera o Sport, campeão do módulo amarelo (segunda divisão) em 87, sem ter enfrentado nenhum dos grandes do Brasil! Saudações rubr.., ops, flamenguistas!
    Ops

  • Jheneyson Denis

    O redator deve ser mantido. Estas comparações deixam o texto divertido para os enxadristas profissionais e amadores, é disso que o xadrez precisa para se popularizar..... E sobre o torneio, eu sou Ivanchuk , um jogador boa praça ....

  • Bruno

    Quem vencer essa Copa do Mundo de Xadrez vai ter que vencer depois o Torneio de Candidatos para enfrentar Carlsen no Campeonato mundial de xadrez. Parece complicado, está explicado porque nunca um brasileiro foi campeão mundial de xadrez profissional. É muito burocrático.

  • Roberto

    Claro q não ,por se tratar do país do futebol vale a comparação , a quem diga que Túlio estava impedido naquele gol,mas como naquele tempo não existia muitos recursos técnicos ficou por isso mesmo.

Deixe seu comentário