A Lenda da Partida entre Capablanca e o Marciano

A Lenda do Duelo Entre Capablanca e o Marciano

Escrito pelo redator da Academia Rafael Leitão

OBS: O relato deste artigo é uma ficção.        

 

Os marcianos cogitaram invadir a Terra no dia 1º de abril de 1927. Confiando em sua extraordinária capacidade de aprendizado, o líder extraterrestre decidiu desafiar a inteligência humana. Caso o líder marciano conseguisse vencer o duelo, os marcianos dominariam o planeta. Já em caso de derrota, os marcianos temeriam os terráqueos e voltariam para Marte.

Sendo assim, o rei dos marcianos andou pela Terra a fim de escolher um bom desafio. Ao ver alguns homens jogando xadrez em uma praça, se apaixonou pelo jogo. Então, foi até um homem que estava parado, assistindo as demais partidas e pediu-lhe que o ensinasse a jogar. Para a sorte do planeta Terra, o homem era o cubano José Raúl Capablanca, Campeão Mundial de Xadrez desde 1921.

C:UsersUserDesktopcap.jpg

Capablanca explicou todas as regras do jogo e, por fim, resumiu a coroação do peão em uma única frase: “quando o peão atravessar o tabuleiro, você pode pegar qualquer peça”. Então, o duelo Capablanca x Marciano começou e no lance 171, Capablanca jogou Rc2, ameaçando xeque-mate em um movimento (Bd4++), decretando a salvação do planeta.

 

C:UsersUserDesktoppos 1.jpg

Capablanca jogou 171.Rc2, com xeque mate inevitável

 

No entanto, para a surpresa do campeão, o marciano jogou h1= Rei. Quando Capablanca tentou explicar que o lance era ilegal, o extraterrestre retrucou: “você disse que eu podia pegar qualquer peça!”.

 

C:UsersUserDesktoppos 2.jpg

Divertida posição após h1=R!

 

A fim de evitar polêmicas e colocar a Terra em risco, Capablanca encontrou uma solução criativa e genial para salvar o planeta. Como os dois reis estão afogados e a regra da coroação não estava bem acordada, o campeão decidiu dar um terceiro rei para as negras. Deste modo, as brancas jogaram a8= Rei preto!

 

C:UsersUserDesktoppos 3.jpg

Incrível posição com três reis pretos

 

Agora, o Marciano não estava mais afogado e fez o único movimento possível: Rb8. Logo, Capablanca jogou h7 e o Marciano voltou o rei para a8. No final, o fantástico José Raúl Capablanca executou o lance h8=Dama e deu xeque mate nos três reis negros ao mesmo tempo. De fato, uma solução de outro mundo!

 

C:UsersUserDesktoppos 4.jpg

O triplo xeque-mate de Capablanca que salvou o mundo!

 

A posição é muito divertida e instiga a criatividade do leitor. Além disso, ressalta a importância de uma explicação correta sobre as regras do jogo. José Raúl Capablanca foi um dos melhores enxadristas de todos os tempos e, por isso, relacionam o confronto decisivo com a sua figura.

 

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

6 Respostas a “A Lenda da Partida entre Capablanca e o Marciano”

  • Dorli

    Show de bola ..
    Vi recentemente: O CURIOSO CONTO DE XADREZ DO "BARÃO DE MÜNCHHAUSEN".
    É neste nível, mas achei a criatividade até mais impressionante .. Recomendo!!

  • António Curado

    Gostei muito da sua lenda, a partida entre Capablanca e o Merciano, que partilhei. Obrigado.

  • Silvio Andre

    Nossa adorei a Estória!!!!!

  • João Almeida

    Faltou dizer que a estória foi utilizada em meu livro, publicado em 2006, como forma didática de ensinar corretamente sobre a Promoção.
    ps.: o conto não é de minha autoria, apenas foi publicado como ilustração. Livro "O Rei dos Jogos e o jogo dos povos"

  • Manuel

    Superengracado! Isto e uma imortal! Parabens RL!
    obrigado por seus artigos. Manuel o portugues.

  • Seco_lee

    Muito bom.. gostei !

Deixe seu comentário