A História do Torneio de São Petersburgo 1914

O Torneio Internacional de São Petersburgo de 1914 é uma das mais importantes competições de xadrez da história. Realizado em comemoração aos 10 anos da Sociedade de Xadrez de São Petersburgo, o evento obteve grande sucesso junto ao público, tendo recebido ainda ampla cobertura da imprensa europeia, conquistando prestígio e notoriedade.

Quer conhecer um pouco mais sobre esse evento? Confira a seguir alguns dos fatores que fizeram desse torneio um dos mais memoráveis de todos os tempos!

 

Grandiosidade na organização

Peter Petrovich Saburov, presidente da Sociedade de Xadrez de São Petersburgo, foi um dos responsáveis pela realização do evento, juntamente com seu pai, o colecionador e diplomata Peter Alexandrovich Saburov. A classe e o bom gosto dos realizadores da competição atraíram a atenção da alta sociedade de São Petersburgo.

Uma demonstração do estilo dos organizadores do evento se deu ao final da fase preliminar do torneio: com a presença da elite financeira e intelectual da cidade, foi oferecido um luxuoso banquete, que contou com um recital do prestigiado pianista Sergei Prokofiev.

 

Enxadristas de alto nível

Uma seleção de mestres foi convidada pelos organizadores do torneio, que tinham a intenção de realizar uma competição de altíssimo nível. Grandes nomes, como o campeão mundial Emanuel Lasker e seus notórios rivais José Raúl Capablanca e Akiba Rubinstein, aceitaram o convite.

Havia ainda o jovem e talentoso Alexander Alekhine, campeão do torneio de mestres russos daquele ano. Infelizmente, devido às tensões da época, muitos jogadores de renome se viram forçados a não participar do torneio. Outros recusaram o convite por motivos pessoais. Ainda assim, o Torneio Internacional de São Petersburgo foi, sem dúvidas, um dos mais fortes já realizados.

 

planos de assinatura

 

Contexto político

O ano de 1914 era de grande tensão na Europa. Ameaças de uma guerra de grandes proporções se tornavam cada vez mais reais. Somado a isso, a cidade de São Petersburgo apresentava altos índices de criminalidade e insatisfação da população.

A realização do torneio e a presença dos jogadores de várias nacionalidades na cidade serviram como uma válvula de escape momentânea. O xadrez ganhou espaço em jornais e revistas do período, tornando-se uma espécie de representação da esperança naquele momento.

 

Resultados do torneio

A disputa foi dividida em duas partes: preliminares e finais. Na primeira, cada jogador enfrentaria todos os adversários uma vez, e os cinco primeiros classificados seguiriam para as finais. Destaque das preliminares, Capablanca obteve o primeiro lugar nessa fase, seguido por Emanuel Lasker, Siegbert Tarrasch, Alexander Alekhine e Frank James Marshall. A grande surpresa foi a eliminação de Akiba Rubinstein, que encerrou sua participação com um modesto sétimo lugar.

A pontuação da primeira fase foi mantida para as finais, e Capablanca, que havia conquistado uma vantagem de 1 ½ ponto na fase preliminar, despontou como favorito. Lasker, porém, apresentou elevado nível de jogo nessa fase, reduzindo a diferença para 1 ponto na metade da fase final. No segundo confronto entre eles, a estratégia de Capablanca de buscar o empate mostrou-se equivocada, levando-o à derrota. Com um desempenho impecável nas partidas finais, Lasker, conhecido como “o poeta dos tabuleiros de xadrez”, ultrapassou o adversário, vencendo a competição de forma brilhante.

A qualidade técnica dos participantes e a grandiosidade do evento garantiram ao Torneio Internacional de São Petersburgo de 1914 um lugar de destaque entre os grandes eventos da história do xadrez. Além da grandeza do ponto de vista esportivo, sua realização representou uma oportunidade de convivência pacífica entre representantes de várias nações e trouxe, por um breve momento, a paz ao continente.

E então, gostou de conhecer um pouco mais sobre este importante torneio? Então confira também a história de outro grande evento do xadrez: o Torneio de Candidatos Zurique 53!

 

 

Curta nossa FanPage e siga nosso Insta!

One Reply to “A História do Torneio de São Petersburgo 1914”

  • Gustavo

    O título de Grande Mestre foi criado e introduzido em 1914. Isso ocorreu no Torneio de Xadrez desse ano em São Petersburgo. Tenho para mim que esse é um evento notável, mas de um certo modo essa não é uma afirmação pacífica. O título de GM foi atribuído então pela primeira vez, apenas aos cinco finalistas do evento. A FIDE, com as adaptações necessárias, manteve e mantém essa tradição e continua atribuindo com critérios próprios às normas de MIs e GMs, etc, etc...
    Lasker era campeão mundial nessa época e triunfou nesse evento como já havia triunfado antes em São Petersburgo em 1895 e 1909. Em 1909 dividiu a primeira colocação com o grande Akiba Rubinstein. Em todos os eventos Lasker enfrentou adversários qualificados, pois os convites à participação nesses Torneios eram feitos aos melhores da Rússia, da Europa e do Mundo. Alekhine sómente participou no de 1914, pois em 1909 ainda não exibia sua força. Mas declarou certa vez que tudo que sabia de xadrez havia aprendido lendo o livro das partidas de Emanuel Lasker sobre esse Torneio de 1909...
    Chigorin, forte jogador russo e considerado um dos fundadores da Escola Soviética de Xadrez, falecido em 1908, era um dos organizadores dos Torneios de 1895. Talvez por isso seu desempenho em 1895 não esteve à altura da sua força de jogo. Sobre o Torneio de 1895 também há muita história, mas aqui não há espaço para comentar isso. Pois o que pretendo dizer neste comentário é apenas que é impressionante a qualidade e quantidade de fortes jogadores que sempre, até os dias de hoje, surgiram e surgem em São Petersburgo. Nomes de enxadristas de todas as épocas não faltam, mas para enfatizar isso basta dizer que Botvinnik, Spassky, Korchnoi, Chigorin e Semyon Furman (considerado extra oficialmente campeão mundial com brancas), ou nasceram ou se formaram enxadrísticamente falando em São Petersburgo. Esses jogadores ou foram campeões mundiais ou têm força, pegada de campeão mundial.
    De certa forma, mas abreviando o comentário de forma figurativa e ciente de que há e sempre houve fortíssimos jogadores e insígnes eventos em todos os lugares do mundo, gosto de nomear São Petersburgo como o Clube de Xadrez do Planeta Terra...
    Várias coisas motivam a menção dessa imagem figurativa, mas certamente os Torneios de Xadrez de São Petersburgo que ocorreram em 1895, 1909 e 1914 é um dos motivos.

Deixe seu comentário