Superfinal Campeonato Russo 2015 Fim da 1ª Parte

Terminada ontem, após seis rodadas, a primeira parte da Superfinal do Campeonato Russo 2015 – que apresentou grandes partidas, algumas boas “surpresas” (se é que, neste nível, podemos usar este termo), e certas decepções.

No masculino, três jogadores lideram com 4,0 pontos: o persistente Nikita Vitiugov (2719); o sólido Evgeny Tomashevsky (2747); e, talvez, a primeira boa “surpresa” do torneio, o jovem de 17 anos (!), Vladislav Artemiev.

[O jovem GM Vladislav Artemiev, de 17 anos, é um dos líderes com 4,0 pontos]

Artemiev, até agora, soma três empates: contra Vitiugov, Dubov, Svidler e Bukavshin; e duas vitórias: contra Lysyj e Motylev – a vitória, de brancas, contra esse último, após um sacrifício duvidoso de Artemiev, e subsequente erro de Motylev, não deixa de premiar, ao menos, o empreendedorismo do jovem GM.

Jakovenko, número um do torneio, e Karjakin, estão logo atrás com 3,5 pontos, mas continuam na briga – e devem vir com “fome de bola” na segunda parte do torneio.

Por exemplo, na 5º rodada, Jakovenko, contra o líder Vitiugov (ambos donos de um estilo posicional clássico, mas com bastante criatividade), foram protagonistas de uma autêntica batalha: Jakovenko colocou pressão a partida toda e foi impressionante a tenacidade de Vitiugov na defesa (não à toa, conhecido por ser um “iceberg” – sempre frio e sem emoções, seja na vitória ou na derrota). Veja a partida completa, e suas respectivas análises, aqui!

Já Karjakin, que vinha de impressionante façanha contra os Chineses (veja mais em nossa reportagem, aqui), mostrou excelente técnica na primeira rodada, vencendo Khismatullin (veja a partida completa clicando aqui), mas, contudo, acabou desacelerando e empatando as rodadas subsequentes.

Até agora a decepção tem sido a atuação do heptacampeão russo Peter Svidler. Apesar de não estar tão mal na tabela (3,0 pontos e a sexta colocação), Svidler apresentou até agora um xadrez bem abaixo do seu potencial. Sobretudo na derrota, de brancas, na quarta rodada contra Khismatullin – e o mais curioso: Svidler, aparentemente, teria jogado até o lance do mate (29. … Cc4#). Veja as análises aqui!

A classificação é a seguinte:

MASCULINO

1

Vitiugov, Nikita4
Artemiev, Vladislav4
Tomashevsky, Evgeny4
4Jakovenko, Dmitry3,5
Karjakin, Sergey3,5
6Svidler, Peter3
Bukavshin, Ivan3
8Dubov, Daniil2.5
Khairullin, Ildar2.5
10Motylev, Alexander2
Lysyj, Igor2
Khismatullin, Denis2

No feminino, o sangue vem correndo muito mais – o que não necessariamente quer dizer que esteja havendo empates rápidos no masculino (vide a partida citada aqui entre Jakovenko e Vitiugov). Contudo, é um fato que a combatividade, e o lema “só pode haver um”, é bem sério aqui. Na quinta rodada, por exemplo, nenhuma partida terminou em empate (!) – fato consideravelmente raro em torneios da elite.

De todo modo, a liderança é da jovem (assim como Artemiev, com 17 anos) Aleksandra Goryachkina, mas dividida com a “experiente” Alexandra Kosteniuk – ambas com 4,5. Goryachkina tem quatro vitórias, dois empates e uma derrota; Kosteniuk, invicta, possui três vitórias e três empates. A número um do torneio, Valentina Gunina, vem logo atrás, com 4,0 pontos.

 

Certa decepção são os 2,0 pontos de Natália Pogonina – uma vitória, dois empates e três derrotas.

A Classificação é a seguinte:

FEMININO

1Goryachkina, Aleksandra4,5
Kosteniuk, Alexandra4,5
3Gunina, Valentina4
4Savina, Anastasia3,5
Bodnaruk, Anastasia3,5
Lagno, Kateryna3,5
7Kovalevskaya, Ekaterina3
Girya, Olga3
9Kashlinskaya, Alina2
Pogonina, Natalija2
11Guseva, Marina1,5
12Ovod, Evgenija1

A segunda parte da Superfinal do Campeonato Russo começa no dia 16 – e vai até o dia 20.

Quem será o campeão russo – e a campeã russa – 2015? Façam suas apostas!

Fotos: Chessbase.

 

Escrito por Equipe Academia de Xadrez Rafael Leitão em 15.08.2015.

No comments

Deixe seu comentário