Supi vence o Aberto de Cordeirópolis

De 15 a 17 de Abril aconteceu na cidade de Cordeirópolis, interior de São Paulo, o II Aberto do Brasil Dr. Cassio de Freitas Levy. Com R$ 8.000,00 em prêmios, o torneio foi disputado pelo sistema suíço em 06 rodadas e com o já clássico controle de tempo de 1h30min mais 30 segundos de acréscimo por lance.

O Aberto, que valia duas vagas para a Semifinal do brasileiro Absoluto, contou com a participação de 75 jogadores e um bom número de titulados. No Top 10 do torneio, tivemos:

 
1GMKrikor Sevag MEKHITARIANBRA2523
2GMEveraldo MATSUURABRA2466
3MILuís Paulo SUPI BRA2423
4CMVitor Roberto Castro CARNEIRO BRA2400
5MFSimon Alejandro LANGUIDEY ARG2347
6MFÁlvaro Z.ARANHA FILHO BRA2319
7MIEduardo Arruda Da Gama CUNHA BRA2238
8Silvio Eduardo OLIVEIRABRA2251
9MMMarcos Vinicius Torsani PIRES BRA2272
10MIEdson Kenji TSUBOI BRA2260

 

Além dos jogadores acima, poderíamos destacar o MF Bernardo Sztokbant (2200); MN Gérson Peres Batista (2193); WMF Júlia Alboredo (2105); MN Milton Okamura (2033); WCM Vanessa Gazola (2024); WCM Lesly Vivian Montufar (2006); Larissa Ichimura (1959); dentre outros.

 

krikorcordeiro2

 O GM Krikor Mekhitarian foi o número 1 do Aberto de Cordeirópolis

(Foto de Cícero Tavares)

 

A liderança do torneio foi dividida durante boa parte do tempo entre o GM Krikor Mekhitarian e o MI Luís Paulo Supi. Mas foi só após a quarta rodada, depois da vitória de Krikor contra o CM Vitor Carneiro, e a vitória do Supi contra o MI Álvaro Aranha, que tivemos o esperado encontra entre eles – e que já está virando um clássico do xadrez brasileiro (e como os dois, normalmente, disputam muitos torneios durante o ano, a “rivalidade” só aumenta)!

No encontro entre Supi e Krikor, o jovem MI levou a melhor. Apesar de haver deixado passar um pequeno golpe tático no lance 19,  Supi conduziu a partida de forma muito segura e firme – um pouco distante das complicações táticas que sempre lhe foram mais características (deve ser a idade e o juízo afolhando). Clique aqui e veja as análises do GM Rafael Leitão sobre esta partida.

 

assinatura xadrez

 

Na última rodada Supi empatou com o MN, agora futuro MF, Marcos Torsani (2293) – pois deve romper a barreira dos 2300 após este torneio – enquanto Krikor empatou com o GM Everaldo Matsuura. O GM Krikor assim comentou, na sua página pessoal do Facebook, suas impressões sobre a partida com Matsuura e o Aberto de Cordeirópolis como um todo:

 

Torneio difícil no fim de semana em Cordeirópolis! Larguei bem fazendo 4/4, com adversários bem duros e jogando firme. No domingo, perdi de manhã para o MI Supi, em uma partida muito boa por parte dele e empatei na última rodada com o GM Matsuura, em outra partida confusa que aconteceu de tudo. Fiquei melhor no meio-jogo, ganhei um peão, mas ele tinha bastante compensação e acabou ficando por cima. No fim, consegui escapar com uma sequência forçada. Apesar do 6º lugar, fiquei satisfeito com a minha performance no geral, enfrentei o 2, 3 e o 4 do torneio, não teve moleza! Parabéns aos organizadores Adan Brassoloto e Luis Casarin pela boa receptividade, ao campeão Luis Paulo Supi que vem numa excelente fase, e ao novo MF Marcos Vinicius Torsani!

 

krikorxsupi

A partida decisiva do torneio: Supi x Krikor

(Foto de Adan Brassoloto)

 

A Classificação final foi – no Top 10:

 

1MILuis Paulo SUPIBRA24795,5
2GMEveraldo MATSUURA BRA25015,0
3MNMarcos Vinicius Torsani PIRES BRA22935,0
4MFSimon Alejandro LANGUIDEY ARG23625,0
5CMVitor Roberto Castro CARNEIRO BRA24015,0
6GMKrikor Sevag MEKHITARIAN BRA25704,5
7WMFJulia ALBOREDOwBRA21054,5
8Thauane Ferreira MEDEIROS wBRA20054,5
9MFÁlvaro Z.ARANHA FILHO BRA23414,0
10Silvio Eduardo OLIVEIRA BRA23044,0

 

Além do já citado destaque da conquista do MN Marcos Torsani, que chegou ao final do torneio com chance de título e, de toda forma, conseguiu um excelente 3º lugar, vale ressaltar o sempre sólido CM Vitor Carneiro na quarta coloção – e que, mais do que nunca, já merece o título de MI. Que venham as normas! Também importante parabenizar as jogadoras WMF Julia Alboredo e Thauane Medeiros – 7ª e 8ª colocação, respectivamente. É provável que ambas estejam na briga para representar a equipe feminina do Brasil nas próximas Olimpíadas.

 

FONTES:

Chess Results

 

Escrito por Equipe Academia de Xadrez Rafael Leitão 21.04.2016

One Reply to “Supi vence o Aberto de Cordeirópolis”

  • Leones Silva

    Vitor Carneiro ficou em quinto, Equipe Academia Rafael Leitão. Digam, procede isso de xadrez nas Olimpíadas?

Deixe seu comentário