Torneios pelo Brasil: Curitiba, Marabá e Brasília

Estes últimos tempos foram consideravelmente animados para o xadrez brasileiro. De vários torneios disputados de norte a sul do país, e que aproveitaram o feriado do dia 21 de abril, três ganharam destaque:

 

Aberto do Brasil Cidade de Curitiba;

III Open Internacional de Xadrez Aberto do Brasil – Etapa de Marabá;

Aberto do Brasil FBX TerraViva, em Brasília.

 

Vamos a eles!

 

 capivara xadrez

[Sim! O que não faltou foi torneio para o Hydrochoerus hydrochaeris acompanhar e jogar!]

 

No Aberto do Brasil Cidade de Curitiba, 113 jogadores (17 titulados) tiveram a difícil tarefa de tentar parar o único Grande Mestre do torneio: o sólido GM Felipe El Debs (2510). Mas não foi desta vez: com 100% nas 5 primeiras rodadas, o El Debs só precisou de dois empates nas duas últimas rodadas para garantir o título – com, portanto, 6,0 pontos em 7,0 possíveis. Em segundo lugar, como também 6,0 pontos, mas com derrota no confronto direto contra Felipe, o MF Edgar Rodrigues (2270). Em terceiro lugar, completando o pódio, com 5,5 pontos, o MF argentino Simon Alejandro Languidey (2362). O top 10 final ficou assim:

 

 

Destaque para o 10º lugar: Luciano Fier honrando a família!

 

El Debs Curitiba

Detalhe para a camisa do GM El Debs (no centro da foto): Hydrochoerus hydrochaeris!

[Foto de Jair Osipi]

 

No próximo torneio, o III Open Internacional de Xadrez – Aberto do Brasil – Etapa de Marabá, o número um do evento, o GM Krikor Mekhitarian (2570), encontrou mais resistência que El Debs em Curitiba – apesar do torneio ter contado com um número menor de jogadores e titulados: 43 jogadores e 6 titulados. Após 7 rodadas, a taça ficou com o MI mezzo argentino, mezzo brasileiro, Leandro Perdomo (2440), com 6,5 pontos. Grande performance de Perdomo: 6 vitórias, inclusive uma em cima do GM Krikor, na quinta rodada, e apenas um empate – na última rodada (suficiente para garantir o título). Krikor ficou em segundo, com 6,0 pontos e em terceiro lugar o MN Nelson da Silva Moraes (2124). O top 10 final foi:

 

 

Leandro Perdomo

MI Perdomo, campeão do Aberto de Marabá, por via das dúvidas, preferiu não despachar o seu suado troféu

 

E no nosso último torneio, o Aberto do Brasil FBX TerraViva, em Brasília, não tivemos o maior número de jogadores (foram 65) e nem de titulados (14 titulados). Contudo, tivemos o Top 10 inicial mais forte dos três eventos. Evidente destaque para o número um, o GM cubano/paraguaio Neuris Delgado (2631), e o número dois, o GM Everaldo Matsuura (2501).

 

 

Mas quem brilhou mesmo foram os números 3 e 4. Os jovens MF Armen Proudian (2432) e, principalmente, o MI Renato Quintiliano (2420). Se a vida do GM Krikor foi complicada em Marabá, imagine a vida do GM Neuris em Brasília…

 

Combo Teoria Básica de Finais 2

Na quarta rodada o MI Renato Quintiliano venceu Neuris numa posição complicadíssima (veja as análises do GM Rafael leitão para esta partida clicando aqui) e na quinta rodada, após ficar perdido em apenas 7 lances, foi a vez do MF Armen Proudian conseguir superar o fortíssimo GM Neuris (as análises do GM Rafael Leitão para esta atípica partida você pode ver clicando aqui). Quintiliano foi o grande campeão do torneio com 6,5 pontos – empate apenas na última rodada contra o MI Herman Claudius. 6 vitórias e um empate! E nestas vitórias, além da já citada contra Neuris, também uma contra Matsuura e uma contra Proudian. Que torneio do MI Quintiliano! O GM Everaldo Matsuura ficou em segundo lugar com 6,0 pontos e o MF Proudian em terceiro com 5,5. E além de Quintiliano e Proudian, destaque para o oitavo lugar da WMF Júlia Alboredo (2105), que somou 10 pontos de rating. Vamos para mais um Top 10 final de torneio (este texto está com mais tabela que jogo de basquete e mais Top 10 que programa da MTV – comentários altamente desnecessários, mas irresistíveis):

 

 

Quintiliano Brasília

Premiação em Brasília

[foto de Suely Taira]

 

Parabéns aos campeões, a todos os participantes e organizadores, mas, principalmente, ao xadrez brasileiro!

 

FONTES (Chess Results):

Aberto do Brasil Cidade de Curitiba

Aberto do Brasil FBX Terraviva

III Open Internacional de Xadrez Aberto do Brasil – Etapa de Marabá

 

Escrito por Equipe Academia de Xadrez Rafael Leitão 28.04.2016

No comments

Deixe seu comentário