O Xadrez Presencial Voltou… Na Suíça!

O Festival de Biel foi o primeiro grande torneio presencial após os bloqueios contra a propagação da COVID-19. A competição foi disputada entre os dias 18 e 29 de julho e contou com 8 jogadores no torneio principal e 138 no Torneio Aberto.

 

C:UsersUserDesktopvidro.jpg

Um vidro separou os enxadristas durante as partidas do grupo principal

 

Prevenção ao Coronavírus

Biel é uma cidade suíça localizada há cerca de uma hora de Zurique. Até o presente momento, (31/07/2020), a Suíça registra 35.228 casos de coronavírus com 1.981 mortes.

Contudo, o número de novos casos diários reduziu drasticamente a partir de maio, o que possibilitou a realização do torneio de xadrez, entre outras atividades.

De qualquer maneira, os organizadores tiveram desafios sem precedentes, como o distanciamento social e a desinfecção contínua. No comunicado de imprensa oficial, a organização se demonstrou satisfeita com os resultados:

“Do ponto de vista organizacional, os requisitos relacionados à pandemia levaram a várias despesas adicionais, mas até então, pode-se concluir que as medidas adotadas provaram seu valor e podem servir de modelo para outros organizadores ao redor do mundo”.

 

C:UsersUserDesktopSem título (7).jpg

Alguns enxadristas não dispensaram o uso de máscaras

 

A Competição

Sobre o torneio em si, o grupo principal foi disputado em uma espécie de Triathlon de Xadrez, com partidas nos ritmos blitz, rápido e clássico. O enxadrista mais consistente ao longo das três competições foi o GM polonês Radoslaw Wojtaszek (2717).

Número 28 no ranking internacional, Wojtaszek compartilhou a primeira colocação no blitz, venceu com sobras o rápido e terminou em 3º no ritmo clássico, o que lhe garantiu a maior soma total de pontos.

 

C:UsersUserDesktopcampeão.jpg

Radoslaw Wojtaszek foi o campeão

 

O Grande Mestre Pentala Harikrishna (2732) terminou na segunda colocação do evento. O GM indiano é o 20º colocado no ranking da FIDE. O pódio foi completado pelo lendário GM inglês, Michael Adams, (2.707).

Os demais jogadores no torneio foram: GM Vincent Keymer, GM Arkadij Naiditsch, GM David Antón Guijarro, GM Romain Edouard e GM Noel Studer. Já no torneio aberto, o título ficou com o GM Christian Bauer (2623).

C:UsersUserDesktop2.jpg

Visão geral do evento

 

Mais sobre o Torneio de Biel

Realizado desde 1968, o torneio de Biel é tradicional no calendário do xadrez internacional. O francês Maxime Vachier-Lagrave é o maior campeão da história com 5 títulos (2009, 2013, 2014, 2015 e 2016). A lista de vencedores contém vários ícones da história, como Anatoly Karpov, Viswanathan Anand, Magnus Carlsen, entre muitos outros.

Será que teremos algum torneio presencial no Brasil ainda em 2020? Deixe sua opinião nos comentários.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

Texto escrito pelo MF William Ferreira da Cruz.

Imagens: Site Oficial

No comments

Deixe seu comentário