Os 7 Títulos Consecutivos de Magnus Carlsen

Magnus Carlsen segue imparável com sete títulos nos últimos sete torneios. Sua conquista mais recente foi no Altibox Norway Chess, realizado entre os dias 03 a 14 de junho, em Stavanger, na Noruega. Confira os últimos títulos do campeão mundial.

 

Invencibilidade e os 2900 de Rating

Carlsen faturou o título do Norway Chess com sete empates e duas vitórias nos jogos clássicos. Agora, o campeão mundial acumula 68 partidas clássicas de invencibilidade. Existe uma expectativa para que Magnus seja o primeiro enxadrista a ultrapassar a barreira dos 2900 pontos no ranking da FIDE. Contudo, devido ao grande número de empates, o campeão perdeu 2,5 pontos de rating na Noruega, fato que demonstra a dificuldade do feito. O rating atual de Carlsen é de 2872.5 pontos.

 

O Rei do Armageddon

O Norway Chess 2019 teve um sistema de pontuação diferente. O vencedor da partida clássica ganhava dois pontos pela vitória. Em caso de empate, foi disputado um Armageddon, no qual as brancas jogaram com dez minutos e as negras com sete minutos, porém, as negras jogaram pelo empate. O vencedor do Armageddon ganhou 1,5 e o perdedor 0,5 ponto.

Carlsen ganhou seis dos sete desempates que disputou. Sua única derrota no Armageddon foi na última rodada, quando já era campeão, para Fabiano Caruana. Sobre o sistema de pontuação, Magnus Carlsen foi enfático na estratégia: “Claramente, em algum momento, eu não me importava tanto com o jogo clássico, já que sabia que estava ganhando os jogos do Armageddon”, afirmou.

Caruana e Carlsen empataram no jogo clássico e o americano venceu no Armageddon

 

O ex-campeão mundial, Viswanathan Anand, criticou o formato. “Na minha vida inteira eu pensei que se você trabalha por quatro horas, isso deve contar mais do que se você trabalhar 20 minutos. Essas escalas (de pontuação) são um pouco confusas. (…) Eu não estou dizendo que é injusto, porque sabíamos onde estávamos nos metendo, mas algo parece errado”, afirmou o ex-campeão.

Melhorar é Preciso

Carlsen faturou 75 mil euros com o título na sua terra natal, porém, o campeão não estava totalmente feliz com seu desempenho. Afetado pela derrota no Armageddon na última rodada, Magnus afirmou após o evento: “Eu tenho que jogar melhor”. E quem não tem?

 

Agenda

O próximo super torneio é o Grand Chess Tour – Etapa da Croácia, a ser realizado entre os dias 24 de junho a 9 de julho. Magnus Carlsen e Fabiano Caruana são as principais estrelas da competição.

 

Magnus Carlsen ultrapassará a marca de 100 partidas clássicas de invencibilidade?  Deixe sua opinião nos comentários.

 

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

 

*Texto escrito pelo MF William Cruz

Imagens: Site Oficial / Lennart Ootes

3 Respostas a “Os 7 Títulos Consecutivos de Magnus Carlsen”

  • Flávio

    Tem xadrez para ultrapassar os 2900, porém é muito difícil que consiga este feito, pois o xadrez atual é de um nível muito alto e além é humano e portanto passível de erros. Ainda mais quando o cansaço começa a pesar!!!

  • Luiz

    Ultrapassar pode sim ultrapassar os 2.900, é questão de tempo, mas não depende só dele.
    Ele precisa contar com o efeito de inflação do rating.
    MC conseguirá atravessar a barreira quando tivermos uns, sei lá, algo entre 20 e 50 jogadores acima dos 2800.
    Para estimar isso basta ver quantos tinham 2700 quando ultrapassou-se os 2800 (creio que kaspa foi o primeiro)

  • Francisco regis silva pontes lima

    quero ver ele ultrapassar a barreira dos 3 milhões de dólares num campeonato mundial.. Fischer x Spassky 92 foram 5 milhões. enquanto ele se sujeita a jogar por valores baixos , valores mais baixos são pagos a quem está abaixo dele. desvaloriza a ele , ao jogo e aos outros milhares de GM´s e Mi´s que daqui a pouco estarão jogando por migalhas. alias, migalhas essas que já estão sendo dadas. citemos a CBX que apura milhares de reais por ano e não se vê torneios valendo normas de GM/MI organizados pela mesma. pra conseguir as normas muitos se aventuram pela Europa ou estados unidos. enquanto isso, torneios mais miseráveis se proliferam. aqui na minha cidade se sujeitam a jogar por medalhas e troféus de plastico.. pagam inscrições, gastam dinheiro com livros, com material, anuidades e recebem plastico o ano todo, so recebendo alguma quantia em dinheiro na final de privilegiados, onde uns 10 jogadores, quase sempre os mesmos com raras exceções, jogam um ridículo torneio schuring. parafraseando o humorista : é de cair o rego da bunda...

Deixe seu comentário