As Cinco Melhores Enxadristas de Todos os Tempos

As Cinco Melhores Enxadristas de Todos os Tempos

As Cinco Melhores Enxadristas de Todos os Tempos

Muito se discute sobre os melhores enxadristas de todos os tempos, mas você sabe quais foram as melhores jogadores da história? O redator da Academia Rafael Leitão não teve medo de listar suas preferidas.

OBS: Essa lista não reflete a opinião do GM Rafael Leitão.

 

1- Judit Polgar

C:UsersUserDesktopjudit.jpg

Judit Polgar foi capaz de vencer alguns dos melhores enxadristas de todos os tempos

 

Judit Polgar é a melhor enxadrista da história. Nascida em Budapeste, Hungria, no dia 23 de julho de 1976, é a única mulher a ter superado a barreira dos 2700 pontos no ranking da FIDE. Também foi a única enxadrista a entrar no top 10 do mundo, sendo considerada uma possível candidata ao Campeonato Mundial Absoluto no início dos anos 2000.

Notabilizou-se por vitórias memoráveis contra Garry Kasparov, Anatoly KarpovVasily Smyslov, Viswanathan Anand, Veselin Topalov entre outros. Em 1991, ao vencer o Campeonato Húngaro de Xadrez, tornou-se a mais jovem Grande Mestre da história, aos 15 anos de idade, superando em um mês o recorde que pertencia a Bobby Fischer.

Curiosamente, Judit Polgar nunca venceu o Campeonato Mundial Feminino. O motivo é simples, ela nunca disputou essa competição para dedicar-se ao Campeonato Mundial Absoluto.

 

2- Vera Menchik

 

C:UsersUserDesktopVeraMenchik400x400_6.jpg

Primeira campeã mundial, Vera Menchik dominou o xadrez feminino entre 1927 e 1944

 

Vera Menchik nasceu no dia 16 de fevereiro de 1906, em Moscou, na Rússia. Aprendeu xadrez com o pai aos nove anos. Nas décadas de 1920 e 1930, enfrentou os melhores enxadristas do período: Capablanca, Alekhine, Botvinnik, Fine, Keres, Rubinstein, Nimzowitsch, Reshevsky, entre outros, com destaque para as duas vitórias contra Max Euwe.

O primeiro Mundial Feminino foi realizado em 1927, com a participação de doze jogadoras. Vera Menchik conquistou o título com sobras: dez vitórias e um único empate. Menchik defendeu o título em vários torneios nos anos seguintes: 1930, 1931, 1933, 1935, 1937 e 1939, além de dois matchs contra Sonja Graf em 1934 e 1937.

Ou seja, a hegemonia de Menchik entre 1927 e 1939 foi indiscutível. Em todas as disputas pelo Campeonato Mundial Feminino, a enxadrista disputou 103 partidas, com incríveis 90 vitórias, 9 empates e apenas 4 derrotas. Em 1944 a enxadrista tornou-se uma das milhões de vítimas da II Guerra Mundial.

 

3- Maia Chiburdanidze

C:UsersUserDesktopmaia.jpg

Maia Chiburdanidze foi a melhor enxadrista do mundo entre 1978 e 1991

Maia Chiburdanidze nasceu no dia 17 de janeiro de 1961, na cidade de Kutaisi, na Geórgia – naquele momento pertencente à União Soviética. Foi campeã mundial por mais de uma década. Conquistou o título em 1978 e o defendeu em quatro ocasiões: 1981 1984,1986 e 1988. Perdeu a coroa em 1991 para a chinesa Xie Jun.

Também teve ótimas atuações nos torneios absolutos, destaque para a vitória em Banja Luka (Bósnia e Herzegovina) no ano de 1985. Na ocasião, Maia Chiburdanidze ficou 1,5 ponto na frente de Nigel Short. Segundo o site chessmetrics, a enxadrista foi a 42ª melhor do mundo (contando os homens também) em 1985.

 

4- Hou Yifan

Depois de Judit Polgar, Hou Yifan foi a única se aproximar dos 2700

 

A enxadrista chinesa nasceu em 27 de fevereiro de 1994. Em 2010, aos 16 anos, Hou Yifan tornou-se a campeã mundial mais jovem da história. Reafirmou seu título nos matchs de 2011, 2013 e 2016 contra respectivamente: Humpy Koneru (Índia), Anna Ushenina e Mariya Muzychuk, ambas da Ucrânia.

Por não concordar com a fórmula do Campeonato Mundial Feminino imposta pela FIDE, Hou Yifan não tentou manter o título nos últimos anos. De todo modo, ela mantém a reputação de melhor enxadrista do mundo após a aposentadoria de Judit Polgar.

Hou Yifan lidera o ranking feminino da FIDE desde 2015, ano marcado pela alternância na liderança com Judit Polgar. Nesse momento, a enxadrista da China alcançou um rating de 2686 pontos e ocupou a 59º colocação no ranking com os homens.

 

5- Nona Gaprindashvili

C:UsersUserDesktopnona04.jpg

Nona Gaprindashvili manteve o título mundial entre 1962 e 1978

 

Nascida na Geórgia, em 03 de maio de 1941, Nona Gaprindashvili foi campeã mundial entre 1962 e 1978. Conquistou o título ao vencer a compatriota soviética Elisaveta Bykova. Defendeu o título em três ocasiões (1965, 1969 e 1972) contra a também soviética, Alla Kushnir.

Nona ainda superou Nana Alexandria em 1975 e somente perdeu o título em 1978, quando acabou derrotada para Maia Chiburdanidze. De acordo com o site chessmetrics, foi a 113ª melhor enxadrista do mundo em 1978.

 

Você concorda com a lista das cinco melhores enxadristas de todos os tempos? Deixe sua opinião nos comentários.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

No Comments

Post a Reply