Ajude as Meninas do Brasil! Projeto Damas em Ação – Rumo à Maestria

Ajude as Meninas do Brasil! Projeto Damas em Ação – Rumo à Maestria

Com o intuito de elevar o nível do xadrez feminino brasileiro, através de uma preparação digna para as próximas Olimpíadas, as enxadristas: MF Juliana Terao, WMF Julia Alboredo, WMF Suzana Chang, Ana Vitória Rothebarth, Thauane de Medeiros e Kathie Goulart Librelato lançaram o Projeto Damas em Ação – Rumo à Maestria.

C:UsersUserDesktopdamas em açao.jpg

Trata-se de uma campanha a fim de arrecadar recursos para a disputa de torneios na Europa e a contratação de um treinador para a preparação olímpica. “Planejamos jogar três torneios abertos em julho, na Espanha, válidos para norma. No intervalo entre os torneios, queremos contratar um treinador que esteja na Espanha no período, para que possamos ter uma semana de apoio e treinamento a fim de apontar os erros e reforçar o preparatório para as Olimpíadas”, afirma a WMF Julia Alboredo.

 

C:UsersUserDesktopbrasi-feminino-Baku.jpg

Equipe brasileira (à esquerda), na Olimpíada de Baku, em 2016

 

O público pode contribuir através da compra de rifas e de doações pela internet.  Todas as informações podem ser adquiridas pelo site do projeto, www.rumoamaestria.com.br. Sobre a aceitação do projeto Damas em Ação, que tem como objetivo arrecadar cerca de R$40 mil, Alboredo mostrou-se animada com o início: “Quanto mais rifas você vende, mais aparecerem pra vender, não acabam mais!”, comemorou a enxadrista.

A Academia Rafael Leitão também ajudará no treinamento da equipe. As meninas terão acesso, gratuitamente, a um conteúdo selecionado do site até as Olimpíadas. O site Chess24 também irá ajudar as enxadristas brasileiras e disponibilizou contas Premium para todas.

A Olimpíada de Xadrez será realizada entre os dias 23 de setembro a 07 de outubro de 2018, em Batumi, na Geórgia. Nos últimos 20 anos, período em que Olimpíada teve um grande desenvolvimento, a melhor colocação do xadrez brasileiro feminino ocorreu em 2014, com o 44º lugar. Espera-se que a equipe de 2018 possa superar essa marca e você pode ajudar para um melhor desempenho, contribua!

 

Um pouco mais sobre a WMF Julia Alboredo

Paulista de 21 anos, recentemente compartilhou a primeira colocação no SP Open, ultrapassando os 2150 pontos de rating FIDE. “Sem dúvida, esse resultado me motivou bastante para continuar firme nesse projeto, e fazer com que mais meninas acreditem que temos potencial para chegar ao topo”, afirmou.

 

C:UsersUserDesktopalboredo 2.jpg

 

Em relação aos próximos torneios, Julia Alboredo é presença garantida no Aberto das Três Fronteiras, em Foz do Iguaçu-PR, entre os dias 16 a 20 de maio. Seu foco também está direcionado aos Jogos Universitários Brasileiros e, se não houver conflito de datas, ao Continental das Américas, a ser realizado em Montevidéu, no Uruguai, entre os dias 31 de maio a 10 de junho.

Sobre os planos para o futuro, Alboredo falou das dificuldades e dos objetivos principais: “Espero conseguir conciliar o xadrez com a faculdade, tentar representar bem o Brasil nas Olimpíadas em setembro e chegar nos 2300. O mais importante é sentir que todos os dias estou melhorando alguma coisinha”, comentou a aluna da Academia Rafael Leitão.

 

O time feminino brasileiro conseguirá melhorar a sua melhor posição dos últimos 20 anos? Deixe sua opinião nos comentários.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

One Reply to “Ajude as Meninas do Brasil! Projeto Damas em Ação – Rumo à Maestria”

  • Roberto

    Ótima iniciativa sera que o Fier n poderia ser o treinador delas ja que mora ali por perto.

Deixe seu comentário