GM Rafael Leitão Vence Aberto Sesc Caiobá

GM Rafael Leitão Vence Aberto Sesc Caiobá

GM Rafael Leitão Vence Aberto Sesc Caiobá

 

Leitão x Quintiliano: atual campeão contra o campeão de 2015

 

Redação em festa! Isso porque o GM Rafael Leitão venceu o III Aberto Sesc Caiobá Copel Telecom, realizado na cidade de Matinhos, no litoral do Paraná, entre os dias 28 de setembro a 01 de outubro. O título veio após a vitória na última rodada contra o então líder do torneio, o GM paraguaio José Fernando Cubas.  Em oito rodadas, Leitão venceu seis partidas e empatou duas: contra o GM Evandro Barbosa e contra o MI Diego Di Berardino. O pódio foi completado pelo próprio Cubas, vice-campeão, e pelo MI catarinense, César Umetsubo, em terceiro.

Pedimos para o “chefe” nos contar um pouco do que aconteceu no torneio: “Primeiro é importante destacar o excelente nível de organização do evento e também parabenizar todos os envolvidos, já que torneios com esse nível de premiação são muito raros no Brasil hoje em dia. O torneio foi muito equilibrado e o Cubas jogou um grande xadrez até o último dia. Felizmente consegui vencê-lo na partida decisiva. Estou muito contente com o resultado e espero continuar com os bons resultados recentes, já que venci 3 dos meus últimos 4 torneios.

 

caioba1.jpg

Premiados com o GM Jaime Sunye, de camisa xadrez,  um dos organizadores do evento

 

Acabou o Tabu!

Em sua terceira edição, essa foi a primeira vez que um GM venceu o Aberto Sesc Caiobá. Em 2015, o título ficou com o MI Renato Quintiliano. Já no ano passado, vitória do MI Luis Paulo Supi. Destaque também para o MI César Umetsubo, o único a subir no pódio nas três ocasiões, sendo dois vices e um terceiro. Sempre batendo na trave, Umetsubo seria uma espécie de Vasco do Sesc Caiobá? Com certeza, a maioria dos enxadristas estaria feliz em ter um desempenho semelhante ao do enxadrista de Florianópolis.

 

Quem não gostaria de tirar férias no belíssimo Sesc Caiobá?

 

O evento, realizado pela Federação de Xadrez do Paraná (Fexpar), em parceria com o Sesc e com a Copel Telecom, pagou R$30 mil em prêmios e reuniu 200 jogadores: seis GMs, quatro MIs, num total de 33 enxadristas titulados, sendo um dos principais torneios do país em 2017.

“Estamos muito contentes com a ampla aceitação dos enxadristas. Recebemos jogadores de dez estados brasileiros, do Paraguai, da Argentina. Além disso, o nível foi altíssimo. Parabéns ao GM Rafael Leitão pelo título e pelo sangue frio na última rodada, onde só a vitória interessava. Também destaco a participação maciça de enxadristas jovens, crianças e da grande presença feminina. Esperamos manter as parcerias para fazer um torneio ainda melhor a cada ano. Por fim, agradeço a participação de todos e até os próximos eventos da Fexpar”, ressalta o presidente da Federação de Xadrez do Paraná, Ciro José Cardoso Pimenta.

 

Salão de jogos do Sesc Caiobá

 

Blitz

Na tarde de sábado foi realizado um animado torneio de blitz, com R$1.000 em prêmios. Setenta enxadristas mediram forças e, após nove rodadas, o título ficou com o mítico MF catarinense, Charles Gauche, que fez 8.5 pontos. A prata ficou com o paranaense Anderson Tatsch Dias e o jovem Ryan Caetano, 15 anos, também de Santa Catarina, terminou em terceiro.

 

MF Charles Gauche venceu o blitz e ficou no top 10 no aberto

 

Mídia

Voltando a falar do torneio principal, as primeiras mesas tiveram transmissão ao vivo pelo site chess24, com vídeos do evento no Facebook da Fexpar, algo não muito comum para os padrões dos abertos brasileiros.

 

Xadrez Feminino

Duelo de gerações: WMI Regina Ribeiro x Gabriela Feller. A aluna superou a professora.

 

Entre os 200 participantes, cabe ressaltar a participação intensa do xadrez feminino. No total, 48 mulheres de diferentes gerações participaram do torneio. O destaque feminino foi para Vivian Heinrichs, com 5.5 pontos e a 17ª colocação geral. Vivian (2005 de rating) empatou com o GM Everaldo Matsuura e venceu os MFs Wagner Madeira e Igor Cadilhac.

Confira o top 10 feminino:

  1. Vivian Heinrichs 5,5
  2. Ana Rothebarth 5,5
  3. WMF Julia Alboredo 5,0
  4. MF Juliana Terao 5,0
  5. Mariana Cadilhac 5,0
  6. Ellen Bail 5,0
  7. WMI Regina Ribeiro 5,0
  8. Stella Becker 5,0
  9. Maria Bartmeyer 5,0
  10.  Lara Malanowski 5,0

 

Destaque Local

Os torcedores paranaenses vibraram com a participação do MF Adwilhans Souza. Apesar dos 2350 de rating, o representante do Clube de Xadrez de Curitiba joga poucos torneios, por isso, surpreende que o “Índião”, como é carinhosamente conhecido, consiga se manter em forma. Adwilhans terminou na nona colocação com seis pontos, o melhor enxadrista abaixo dos 2400.

No Facebook, Adwilhans demonstrou sua satisfação: “Para os amigos que não sabem, joguei xadrez por muito tempo, tendo me afastado das competições oficiais há mais de 15 anos, participando apenas esporadicamente de algum torneio. Neste final de semana, participei do Aberto do Brasil SESC Caiobá. Surpreendentemente – em especial para mim – consegui ter uma performance decente, finalizando em 9º dentre cerca de 200 participantes! Apesar de ter perdido duas partidas das 8 disputadas (nada de empates desta vez!), estou exultante! ”.

 

MF Adwilhans Souza, à esquerda, mantém a forma

 

O top 10 geral foi composto por:

  1. GM Rafael Leitão 7,0
  2. GM José Cubas 6,5
  3. MI Cesar Umetsubo 6,5
  4. GM Evandro Barbosa 6,5
  5. GM Neuris Delgado 6,5
  6. MI Diego Di Berardino 6,5
  7. GM Felipe El Debs 6,5
  8. MI Renato Quintiliano 6,5
  9. MF Adwilhans Souza 6,0
  10.  MF Charles Gauche 6,0

Extinção dos Enxadristas de 2300

Dos 200 participantes, 151 jogadores tinham menos do que 2000 de rating FIDE. Já 38 enxadristas estão na faixa entre 2000 e 2300. Conheça os erros mais comuns dos jogadores desse nível. E nove enxadristas estão acima dos 2400. No entanto, onde estão os enxadristas entre 2300 e 2400?

MF Álvaro Aranha, um dos últimos moicanos nos 2300

 

No Aberto Sesc Caiobá, os MFs Álvaro Aranha e Adwilhans Souza foram os únicos nessa faixa de rating. Divisão de premiação, apoio da maioria dos organizadores apenas para os GMs e MIs ou apenas uma mera coincidência? Deixe nos comentários a sua opinião sobre esse assunto.

 

Crédito de imagens:

Paulo Virgílio Rios Rodriguez e Regina Rodrigues Bonfim

 

Gostou deste artigo? Então compartilhe nas redes sociais!

 

 

Comments ( 4 )

  • Moisés

    Parabéns pela vitória. Onde podemos baixar as partidas?

  • Frederico Simões Soares

    Parabéns Rafael pela vitória e pela sua dedicação de anos pelo esporte. QUE VENHAM MUITAS CONQUISTAS EM SUA VIDA MAIS DO QUE JA CONSEGUIU. VOCÊ MERECE O NOSSO APLAUSO MESTRE! ABRAÇO

  • Moisés

    Obrigado

Post a Reply