A Fantástica Atuação Brasileira no Mundial Universitário

A Fantástica Atuação Brasileira no Mundial Universitário

O Campeonato Mundial Universitário foi realizado em Aracaju, no Sergipe, entre os dias 13 a 18 de setembro. No torneio feminino, 24 enxadristas estiveram presentes, representando 11 países: Brasil, Argentina, China, República Tcheca, França, Índia, Peru, Polônia, Eslovênia, Sérvia e Suíça.

Apesar do baixo número de participantes, o nível da competição foi alto, com três WGM´s, cinco WMI´s e seis WMF´s. Após nove rodadas, o título ficou com a WGM Ni Shiqun (2427), da China, única a somar 7,5 pontos. Na campanha vitoriosa, Shiqun não conseguiu superar a WMF brasileira Julia Alboredo, o empate entre ambas aconteceu na segunda rodada.

 

Kathiê Goulart Librelato é Vice-Campeã Mundial

O vice-campeonato ficou com a WMI Kathiê Goulart Librelato (2110). A brasileira era apenas a pré-ranqueada número 12, mas fez um torneio excepcional e conseguiu faturar 42,2 pontos de rating FIDE. O destaque da campanha gloriosa foi a vitória contra a WGM Deysi Cori Tello (2391), do Peru, na última rodada. Kathiê e Deysi Cori terminaram juntas com 6,5 pontos, porém, a brasileira levou a medalha de prata pelo confronto direto.

 

C:UsersUserDesktopkathie.jpg

 

“Estou muito feliz com o resultado. Foi um torneio equilibrado e minha meta era fazer boas partidas, mas o xadrez é surpreendente. Tropecei ainda na segunda rodada, então tive que buscar uma performance de superação, partida por partida. Deu certo! É um orgulho poder fazer parte desse resultado histórico para o Brasil”, afirma Kathiê.

O redator da Academia Rafael Leitão questionou a enxadrista sobre a relevância dos torneios recentes disputados na Europa, através do projeto “Damas em Ação – Rumo à Maestria”, no resultado do Campeonato Mundial Universitário.

“Acredito que tenha tido um papel decisivo, porque joguei o mundial muito mais preparada e confiante nas partidas contra adversárias duras. Além disso, a sequência de torneios me deu ritmo de jogo e maior resistência, pontos importantes especialmente em torneios de longa duração e com tantas rodadas duplas”, afirmou a vice-campeã mundial.

 

C:UsersUserDesktoppódio.jpg

Pódio do feminino: Librelato, Shiqun e Cori Tello

 

Julia Alboredo também teve um resultado expressivo

Quem também tem motivos de sobra para comemorar é a WMF Julia Alboredo (2174). Pré-ranqueada número oito, Alboredo somou seis pontos (4 vitórias, 4 empates e 1 derrota) e terminou na quarta colocação com um rating performance de 2319. Por esse desempenho, a enxadrista faturou 41,6 pontos de rating FIDE.

“Não tenho palavras para descrever essa semana incrível e histórica para o Brasil. Agradeço a todos que mandaram mensagens positivas durante o torneio, e à Universidade Presbiteriana Mackenzie pelo apoio para continuar competindo nesse esporte maravilhoso”, afirmou Julia Alboredo nas redes sociais.

Amanda Dull (18ª posição), Fabíola Campagnolo (22ª) e Jadna Rodrigues (24ª) foram as outras brasileiras no torneio.

 

C:UsersUserDesktopkathie e julia.jpg

A felicidade com a boa atuação é visível nos rosto das brasileiras.

 

Classificação final – Mundial Universitário Feminino 2018 (top 10)

 

Rk.NomeFEDEloPts.
1WGMNi ShiqunCHN24277,5
2WIMLibrelato Kathie GoulartBRA21106,5
3WGMCori T. DeysiPER23916,5
4WFMAlboredo JuliaBRA21746,0
5WCMLeks MariaPOL21085,5
6Liao RuiCHN18325,5
7WIMVelikic AdelaSRB23395,0
8WGMOlsarova KarolinaCZE23035,0
9WFMDe Seroux CamilleSUI21755,0
10WFMKolaric SpelaSLO21085,0

 

Brasil é Terceiro no Geral

C:UsersUserDesktopbrasil.jpg

Delegação brasileira no mundial universitário

No masculino, o título ficou com MI Tadeas Kriebel (2488), da República Tcheca. O MI polonês Grzegorz Nasuta (2491) foi o segundo e o Grande Mestre chinês Lu Shanglei (2635) terminou em terceiro. O Brasil foi representado por Vitor Firmo Rocha (22º colocado), Thiago Dobuchak (24º), Ricardo Japiassu (25º) e Gustavo Silva (26º).

Para obter a classificação geral, somaram-se os três melhores resultados de cada país. Devido ao desempenho fantástico das meninas, a delegação brasileira terminou na terceira colocação geral. A China foi a equipe campeã e  a Polônia terminou em segundo.

 

C:UsersUserDesktoppor equipes.jpg

Pódio por equipes

 

Mais informações sobre o Campeonato Mundial Universitário.

Jogar torneios na Europa é fundamental para alavancar o nível no xadrez? Deixe sua opinião nos comentários.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

No comments

Deixe seu comentário