Outro Indiano Torna-se Grande Mestre Aos 12 anos

Outro Indiano Torna-se Grande Mestre Aos 12 anos

Outro Indiano Torna-se Grande Mestre aos 12 anos

C:UsersUserDesktop1233.jpg

O indiano Rameshbabu Praggnanandhaa ficou famoso por conquistar o título de GM aos 12 anos, 10 meses e 13 dias. O fato aconteceu em junho de 2018 e, naquele momento, Praggnanandhaa era o segundo Grande Mestre mais jovem da história. Porém, no mês de outubro, Javokhir Sindarov, do Uzbequistão, tomou a segunda colocação ao conquistar o título aos 12 anos, 10 meses e 5 dias.

Outro prodígio indiano apareceu já no início de 2019. Gukesh Dommaraju tornou-se GM aos 12 anos, 7 meses e 17 dias. Agora, Gukesh é o segundo GM mais jovem de todos os tempos. O Grande Mestre mais precoce da história segue sendo o russo Sergey Karjakin, 12 anos e 7 meses.

 

A Trajetória de Gukesh

C:UsersUserDesktopgukesh x short.jpg

Vitória polêmica de Gukesh contra Nigel Short. Short estava em uma posição vantajosa quando realizou um movimento, mas esqueceu de apertar o relógio. Gukesh manteve-se em silêncio e o tempo de Short acabou. Irritado, Short atacou o adversário nas redes sociais ao alegar uma possível postura antiética

 

Nascido em Chennai, a mesma cidade de Anand, Gukesh começou a jogar xadrez na escola Velammal. Entre os feito do jovem prodígio está uma vitória contra o lendário GM Nigel Short. Em novembro de 2018, conquistou o Mundial Sub-12, realizado na Espanha, com 10 pontos em 11 rodadas.

A terceira norma de Gukesh Dommaraju foi conquistada no XVII Aberto Internacional de Grandes Mestres de Delhi, na Índia. Para conquistar o título de GM, Gukesh fez uma turnê internacional para jogar todos os torneios possíveis. De fato, desde a primeira norma de MI até a última norma de GM, o indiano jogou 30 torneios em 16 meses: 276 partidas em 13 países.

Gukesh conta com o apoio de seus pais, o Dr. Rajnikanth – que também é enxadrista – e Padma Kumari. Além disso, recebe o apoio da Escola de Xadrez Velammal e dos patrocinadores Microsense e ONGC.

 

Como Surgem os Prodígios Indianos

Além do esforço e talento dos técnicos e enxadristas da região, o xadrez indiano conta com um forte aporte financeiro. Sediada em Chennai, a Microsense é pioneira em soluções e iniciativas tecnológicas que permitem o fornecimento de instalações de rede Wi-Fi em muitas partes do globo. Já a ONGC é uma empresa petrolífera multinacional de propriedade do governo indiano. O patrocínio dessas duas empresas, entre outros fatores, faz com que a Índia domine as categorias sub 10, 12 e 14 no cenário internacional.

 

Os Dez Grandes Mestres Mais Jovens da História

 

País Enxadrista Tornou-se GM aos Nasc.
1 Ucrânia Sergey Karjakin 12 anos, 7 meses, 0 dias 1990
2 Índia Gukesh Dommaraju 12 anos, 7 meses, 17 dias 2006
3 Uzbequistão Javokhir Sindarov 12 anos, 10 meses, 5 dias 2005
4 Índia Praggnanandhaa 12 anos, 10 meses, 13 dias 2005
5 Uzbequistão Nodirbek Abdusattorov 13 anos, 1 mês, 11 dias 2004
6 Índia Parimarjan Negi 13 anos, 4 meses, 22 dias 1993
7 Noruega Magnus Carlsen 13 anos, 4 meses, 27 dias 1990
8 China Wei Yi 13 anos, 8 meses, 23 dias 1999
9 China Bu Xiangzhi 13 anos, 10 meses, 13 dias 1985
10 EUA Samuel Sevian 13 anos, 10 meses, 27 dias 2000

 

Três dos dez GMs mais jovens da história são indianos. Além do atual campeão mundial, Magnus Carlsen, qual desses jogadores pode vir a ser o melhor enxadrista do mundo? Deixe sua opinião nos comentários.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

 

Comment ( 1 )

  • Rogério Nunes

    GM Nigel Short deveria é ter vergonha na cara de esquecer de aprendizagem de acionar o relógio, 100 anos de xadrez profissional e ainda faz, isso, esquecer o relógio é coisa de amador, não de GM.

Post a Reply