Ministro Promete Priorizar o Xadrez no Governo Federal

Ministro Promete Priorizar o Xadrez no Governo Federal

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, prometeu, durante seu discurso, colocar o xadrez como prioridade de investimento esportivo para o governo federal. O ministro marcou presença na Cerimônia de Abertura do Aberto do Brasil Terra Viva, em Brasília, realizado entre os dias 10 e 13 de janeiro.

C:UsersUserDesktopterra.jpg

 

O secretário do esporte, Marco Aurélio Vieira, (à esquerda) e o ministro Osmar Terra (à direita) participaram da Abertura do Aberto do Brasil Terra Viva. Foto: Abelardo Mendes Jr/ Secretaria Especial do Esporte

 

“Eu estranhava muito o fato do xadrez não ter patrocínio, uma empresa estatal ajudando, já que é tão importante, tão transformador. Quem joga xadrez tem um desempenho melhor na escola, avança no conhecimento mais facilmente e eu vivi isso quando era adolescente. O xadrez é uma arte maravilhosa, vamos iniciar uma nova era do esporte com o xadrez e os esportes da mente sendo privilegiados, priorizados, dentro das propostas de políticas públicas”, afirmou Terra.

O Ministério da Cidadania nasceu da fusão de três antigos ministérios: Cultura, Desenvolvimento Social e Esporte. Pai de enxadristas, Terra demonstra vivência em torneios de xadrez.

“Eu fiquei com inveja, quando eu fui ao Pan-Americano, de ver os meninos do Peru ganhando bolsa nas escolas para estudar xadrez. Eles valorizavam os meninos para que pudessem realmente estudar e, por isso, tinham um time de primeira. Uma grande amostragem de crianças sendo estimuladas e com bom desempenho. Vamos fazer um planejamento conjunto para aumentar a base de jogadores na área das escolas e reforçar o time de Mestres e Grandes Mestres que já nos enchem de orgulho”, enfatizou o ministro.

Quem também participou da Cerimônia de Abertura foi o secretário especial do Esporte, Marco Aurélio Vieira. Na ocasião, Vieira resumiu como será a gestão do esporte brasileiro nos próximos anos.

“Nossa ideia é fazer uma revisão do planejamento estratégico para incluir esportes que não vinham tendo a devida atenção dos brasileiros, notadamente os da mente, os eletrônicos e os radicais. O foco vai ser um equilíbrio entre o que é esporte de alto nível e o que é educacional e de lazer. Não podemos descuidar do alto nível, que traz medalhas em Olimpíadas, mas queremos equilibrar os esforços de maneira racional, de forma a plantar o futuro”, ressaltou Vieira, que também foi enxadrista na infância.

 

Práticas de Sucesso

C:UsersUserDesktoprafael escolar.jpg

GM Rafael Leitão coordena o projeto de xadrez no Maranhão

Alguns projetos regionais de xadrez funcionam com sucesso e o governo federal pode se espelhar nessas práticas de sucesso para elaborar um projeto nacional. No Maranhão, por exemplo, o Grande Mestre Rafael Leitão coordena o projeto, iniciado em 2017, que atualmente insere o xadrez em mais de 100 escolas da rede pública de todas as regiões do estado.

Os professores foram capacitados para o ensino do xadrez e o diferencial está no acompanhamento dos docentes durante todo o ano para auxiliar na condução das aulas. Além disso, o GM Rafael Leitão e o MN Nicolau Leitão escreveram um livro com o passo a passo do jogo para ser utilizado como instrumento de ensino.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

One Reply to “Ministro Promete Priorizar o Xadrez no Governo Federal”

  • José Reynaldo de Salles Carvalho

    Nem vou comentar.

Deixe seu comentário