MI Jefferson Pelikian é Campeão Pan-Americano de Veteranos

MI Jefferson Pelikian é Campeão Pan-Americano de Veteranos

MI Jefferson Pelikian é Campeão Pan-Americano de Veteranos

Um dos fatores positivos de ser enxadrista é a longevidade. Se em outros esportes o atleta já está em fim de carreira depois dos 30 anos, no xadrez é possível manter-se competitivo até os 80 anos. Viktor Korchnoi é o grande exemplo. Em 2011, no auge dos seus 79 anos, venceu (com propriedade) o GM Fabiano Caruana, de 2721, na segunda rodada do torneio de Gibraltar.

Caruana 0 x 1 Korchnoi

 

Atualmente no top 100 do mundo temos três jogadores acima dos 50 anos – Nigel Short (Inglaterra), Michal Krasenkrow (Polônia) e Julio Granda Zuniga (Peru) – e outros próximos dessa idade, como por exemplo, os mitológicos Vassily Ivanchuk (48) e Boris Gelfand (49), ambos acima dos 2700 de rating.

 

Pelika” Campeão!

Com o título, MI Pelikian fez norma de GM

 

Nesse contexto, o xadrez brasileiro tem muito a comemorar. Isso porque o MI Jefferson Pelikian é campeão pan-americano de veteranos. O torneio aconteceu na cidade de Neiva, na Colômbia, entre os dias 10 a 16 de outubro. Com o resultado, o brasileiro fez norma de GM e levou $500 dólares para casa. “Pelika” é conhecido no Brasil por ter contribuído no desenvolvimento técnico de muitos grandes jogadores do país.

O evento contou com a participação de 58 enxadristas de oito países: Colômbia, Brasil, Argentina, Canadá, Cuba, Peru, Trinidad & Tobago e Venezuela. A competição foi dividida em dois torneios, ambos com nove rodadas, sendo um para jogadores entre 50 e 65 anos, e outro para os jogadores com mais de 65 anos.

Participantes do Pan-Americano Veterano

 

No torneio +50, quatro enxadristas representaram o Brasil: o campeão Pelikian; Herbert Abreu Carvalho, que terminou na 7ª colocação; MF Wagner Martins Madeira, 14º colocado e Cassio Roberto Sopko, 27º.

 

Confira o top 10 do Pan +50

1 IM Pelikian Jefferson BRA 2360 7,0
2 FM Rodriguez Rivera Pedro CUB 2206 7,0
3 FM Ramirez Carlos COL 2273 7,0
4 IM Tempone Marcelo ARG 2411 6,5
5 FM Garcia Alvaro COL 2160 6,0
6 CM Lopez Jorge Hernan COL 1953 5,5
7 Carvalho Herbert Abreu BRA 2153 5,5
8 Aguilar Victor PER 2166 5,5
9 FM Espinosa Julio Manuel COL 2239 5,5
10 Malakhovets Sergey CAN 1926 5,5

 

Já no torneio +65, o MF brasileiro David Borensztajn terminou na 10ª posição. O título ficou com o único GM entre todos os participantes, o cubano Garcia Martinez Silvino.

 

Confira o top 10 do Pan +65

1 GM Garcia Martinez Silvino CUB 2325 7,5
2 Prado Leonardo COL 2090 7,0
3 IM Leskovar Mario ARG 2280 6,5
4 Jaramillo Eduardo Alonso VEN 1969 5,5
5 Sepulveda Julio Orlando COL 2121 5,5
6 Belmonte Diego Jose ARG 1951 5,5
7 IM Gutierrez Herrera Jose Antoni COL 2147 5,0
8 Herrera Cristobal COL 0 4,5
9 Ramirez Alvaro COL 1449 4,0
10 FM Borensztajn David BRA 1873 4,0
 

Veteranos no xadrez brasileiro

Chama a atenção a situação do xadrez brasileiro. Segundo a última listagem da FIDE, dos 100 jogadores ativos com mais rating no país, 24 possuem mais de 50 anos, um número bem expressivo para os padrões internacionais.

Confira o top 10 dos veteranos brasileiros e com rating ativo:

  1. GM Henrique Mecking (2602) – nascido em 1952
  2. GM Gilberto Milos (2575) – 1963
  3. GM Darcy Lima (2546) – 1962
  4. MI Jefferson Pelikian (2359) – 1965
  5. MI Eduardo Limp (2355) – 1955
  6. MF Silvio Cunha Pereira (2291) – 1957
  7. MI Herman C. Van Riemsdijk (2284) – 1948
  8. MF Ivan Kuhlmmann Nogueira (2281) – 1963
  9. MF Luismar Brito (2279) – 1954
  10.  Ignacio de Barros Barreto (2265) – 1956

 

E você, pensa em fazer como Korchnoi e jogar em bom nível até os 80 anos ou será como um Adriano Imperador do xadrez, desistindo da carreira ainda jovem? Deixe sua opinião nos comentários.

 

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

Créditos de imagens:

Site oficial do Pan-Americano

Site oficial do torneio de Gibraltar 

Blog Vício em Esporte

No Comments

Post a Reply