Grandes Rivalidades: Spassky x Petrosian

Seja na Formula 1, com Ayrton Senna e Alain Prost, no boxe, com Muhammad Ali e George Foreman, ou no futebol, com Messi e Cristiano Ronaldo, grandes rivalidades fazem parte de qualquer esporte – e não podia ser diferente no xadrez. Já exploramos no blog outras grandes duplas de rivais, como Capablanca x Alekhine e Karpov x Kasparov. Hoje, vamos falar de mais dois jogadores marcantes: Tigran Petrosian e Boris Spassky. Confira!

 

As origens dos rivais

Tigran Vartanovich Petrosian era armênio e nasceu em 1929. Depois de perder os pais aos 15 anos durante a Segunda Guerra Mundial, ele se apegou ao xadrez como forma de distração. Era conhecido como grande jogador estratégico e entre várias das suas conquistas está ter se sagrado campeão quatro vezes no campeonato da Ex-URSS.

Boris Vasilievich Spassky, por sua vez, nasceu em Leningrado no ano de 1937 e foi naturalizado francês. Iniciou sua vida no esporte aos 5 anos de idade, sendo considerado um prodígio, e aos 18 anos conquistou o título de Grande Mestre.

 

O caminho para o primeiro duelo

A trajetória de Petrosian como enxadrista nunca foi das mais fáceis, mas a superação fez parte de todo o seu caminho. Ele já esteve 10 vezes entre os candidatos a desafiante do campeão mundial, conquistando o título em 1963, após derrotar Mikhail Botvinnik.

Para chegar até Petrosian, Spassky teve que enfrentar o campeão mundial de 1960, Mikhail Tal — também conhecido como Mago de Riga —, cujo estilo de jogo mesclava criatividade e agressividade. Apesar disso, a capacidade de Spassky de se adaptar aos jogos dos adversários o ajudou a conquistar a vitória contra Tal, que o levou ao primeiro grande duelo contra Petrosian.

 

O primeiro duelo

O ano era 1966. Os dois enxadristas, cada um com suas particularidades no estilo de jogar, deram início a uma disputa acirrada e marcada por muitos empates , o que acrescentou um tom de tensão ao enfrentamento. Por fim Petrosian manteve seu título de campeão mundial, com uma vitória apertada por 12,5 a 11,5 contra Spassky.

Não satisfeito com o resultado, Boris Spassky lutou por uma revanche e se preparou aplicadamente durante três anos, tornando-se um especialista no estilo de Petrosian.

A volta por cima

Para um novo duelo contra Petrosian, Spassky teve primeiro que enfrentar novos candidatos, o que de certa maneira o ajudou a pôr em prática seus estudos e ficar um passo mais próximo de uma vitória contra o seu rival.

Três anos depois do primeiro combate, em 1969, aconteceu a tão esperada revanche. Spassky estava no auge, com seus 32 anos, e mostrou que estava muito bem preparado para o segundo encontro com o rival. Já Petrosian, na casa dos 40, dava indícios de que não conseguiria segurar o ímpeto do desafiante.

Ainda assim o jogo foi bastante equilibrado, mas ninguém naquele momento conseguiria segurar Boris Spassky, que venceu o duelo por 12,5 a 10,5, conquistando o título de Campeão Mundial. Veja aqui o encontro decisivo deste match. Sobre essa partida, o próprio Spassky relatou que, ao efetuar a jogada vencedora, se deu conta que seria campeão mundial. Neste momento ele se levantou, foi ao banheiro e chorou copiosamente. Segundo ele, o choro não foi de alegria, mas sim porque sabia que sua vida nunca mais seria a mesma a partir de então.

Perguntado sobre os melhores anos de sua carreira, Spassky afirmou que era o melhor jogador do mundo entre 1967-1969. Mas a partir de 1970, Bobby Fischer (que estava um tanto retirado dos tabuleiros) não tinha rivais. Mas este é um outro capítulo da história…

 

Revanches à parte, as rivalidades testam nossos limites, aumentam a nossa vontade de melhorar, nos fazem crescer com nossos erros, aumentam nossa vontade de dar a volta por cima e de encarar o próximo desafio ainda mais confiantes. E como o próprio Petrosian disse: “Todo jogador de xadrez, quando enfrenta seu oponente, também enfrenta a si mesmo. Cada batalha é uma luta interior”.

 

E você, já se preparou para suas batalhas de hoje? Conte para a gente nos comentários qual foi o seu maior duelo até o momento!

 

 

One Reply to “Grandes Rivalidades: Spassky x Petrosian”

  • Leandro

    Maior duelo é jogar pela internet, não há como jogar ao vivo, dependo da net, mas após semana sem ter e aparecer caindo de minuto a minuto, é um milagre eu tá postando aqui.
    :(

Deixe seu comentário