Speed Chess Championship: Carlsen Dominante e Sucesso de Audiência

Speed Chess Championship: Carlsen Dominante e Sucesso de Audiência

Speed Chess Championship: Carlsen Dominante e Sucesso de Audiência

C:UsersUserDesktopcarlsen.jpg

Carlsen jogou de casa e conquistou outro grande resultado.

 

Deixar o xadrez mais interessante para o público leigo com o intuito de aumentar a audiência e atrair mais patrocinadores é um desafio constante. Uma das formas encontradas para isso é a transmissão de torneios nos ritmos velozes. No ano passado, o torneio de Saint Louis – Rapid & Blitz acumulou 200 mil visualizações diárias. Ou seja, nos cinco dias de competição, o torneio atraiu, aproximadamente, um milhão de visualizações. Ninguém queria perder o retorno de Garry Kasparov aos tabuleiros.

 

C:UsersUserDesktoprapid2.jpg

Retorno do Kasparov foi um sucesso de mídia.

 

Speed Chess

Outra tentativa nesse mesmo sentido é o Speed Chess Championship, realizado pelo chess.com. O evento é disputado online, na plataforma do site, e reuniu 16 dos melhores jogadores do mundo: Magnus Carlsen, Hikaru Nakamura, Sergey Karjakin, Levon Aronian, Fabiano Caruana, Wesley So, Ian Nepomniachtchi, Maxime Vachier-Lagrave, Alexander Grischuk, Anish Giri, Richard Rapport, Jeffery Xiong, Hou Yifan, Gadir Guseinov, Sergey Grigoriants e Georg Meier.

O torneio foi disputado no sistema de matches eliminatórios. Cada duelo era composto de 90 minutos de partidas 5 minutos + 2 segundos por lance. Logo após, 60 minutos de 3+2 e, por fim, 30 minutos de xadrez bullet 1+1. Uma partida de chess960 – posição inicial das peças sorteadas de forma aleatória – era disputada ao final de cada controle de tempo.

 

Magnus Carlsen soberano

A premiação total foi de $50 mil dólares, divididos de acordo com o desempenho dos participantes. A competição começou no dia 03 de maio de 2017 e a grande final foi realizada no dia 03 de janeiro de 2018. O título ficou com o campeão mundial Magnus Carlsen, porém, chama atenção a superioridade perante os rivais. Na decisão contra Nakamura, Carlsen sobrou e venceu por 18 x 9.

 

C:UsersUserDesktopnaka.jpg

Nakamura teve excelentes posições, mas não conseguiu concretizá-las em vitória.

 

Destaque para a resistência do campeão mundial que, em termos enxadrísticos, ficou perdido e “enrolou” Nakamura em várias partidas. “Isso se tornou corriqueiro na história recente. Eu estava perdido em vários jogos e fiquei perturbado. Essa era, de fato, a parte crítica do jogo. Ele estava a poucos pontos de distância e dominava a maioria dos jogos, mas, é claro, você nunca desiste completamente. Você tenta ir aguentando pouco a pouco”, afirmou o campeão mundial.

Na campanha do título, além de vencer Nakamura, Carlsen fez 20.5 x 5.5 contra Guseinov. Nas quartas de final, um incrível 27.5 x 9.5 contra Wesley So. Na semifinal, 15.5 x 10.5 no match com Grischuk, o duelo mais equilibrado para o campeão.

 

Aproveite para criar sua conta no chess.com, o melhor site para jogar online

 

Postura dos enxadristas

Ainda sobre a final, o público assistia às partidas e também poderia ver os jogadores pela webcam. Hikaru Nakamura jogou o match de Johannesburg, na África do Sul, onde passa as férias e acompanha o campeonato nacional de menores, com a participação de 2.500 enxadristas jovens. Por isso, Nakamura jogou com um laptop para um público de 120 pessoas. Um enfoque mais profissional, ao estilo do enxadrista dos Estados Unidos.

C:UsersUserDesktoppublico.png

Nakamura na África do Sul

 

Já Magnus Carlsen jogou do computador de casa e levou o match de forma descontraída. Durante a primeira partida ainda estava comendo, ouvia música e, em alguns momentos, jogava fazendo movimentos com o corpo como se estivesse dançando. De fato, quando alguém cometia um erro grave, era divertido para o público notar a frustração do enxadrista na webcam.

 

Audiência

De acordo com os organizadores, o torneio foi um sucesso e a edição de 2018 está confirmada. Destaque especial para a grande final, com cerca de 400 mil espectadores únicos para a transmissão em inglês, com média de 30 mil espectadores simultâneos durante o período de quatro horas. Para ter uma comparação, o Mundial de Rápido e Blitz, realizado na Arábia Saudita, tinha uma média de sete mil espectadores simultâneos.

Transmissão em português

C:UsersUserDesktopcarlsen x naka.png

Transmissão em português com os GMs Krikor e Leitão.

 

Uma das novidades do evento foi a transmissão dos confrontos com comentários em português. O GM Krikor Mekhitarian comandou as transmissões. Na final, o GM Rafael Leitão foi o convidado especial para analisar as partidas. O canal brasileiro manteve uma média de, aproximadamente, 900 telespectadores simultâneos, número expressivo para uma tarde de quarta-feira.

E você, assistiu a transmissão do canal em português? Magnus Carlsen foi realmente tão superior? Deixe sua opinião nos comentários.

Crédito imagens: Site oficial

 

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais?

 

Comments ( 2 )

  • Romulo

    Assisti a transmissão ao vivo com os comentários do GM Krikor e do GM Rafael Leitão. Foi muito divertido e instrutivo. Espero que vocês continuem fazendo comentários e também jogando on line para que a gente possa aprimorar nosso Xadrez aprendendo com grandes jogadores como vocês dois e os demais GMs do Brasil. Show de bola a transmissão e parabéns aos GMs brasileiros por estarem antenados com o xadrez on line. E que venha um match on line de Krikor e Rafael!!!

  • Lucas

    Achei que foi dificil para os comentaristas falarem sobre as jogadas, pois o Carlsen joga rápido demais.

Post a Reply