Os 7 Principais Acontecimentos do Xadrez Internacional em 2020

Os 7 Principais Acontecimentos do Xadrez Internacional em 2020

Relembre os principais momentos do mundo do xadrez em 2020!

 

1- Gambito da Rainha

A minissérie Gambito da Rainha conta a saga da enxadrista fictícia Elizabeth Harmon e, menos de um mês após o lançamento, mais de 62 milhões de usuários da Netflix já assistiram a minissérie, chegando ao top 10 da plataforma em 92 países e liderando a audiência em 63 deles.

 

C:UsersUserDesktopthe-queen-s-gambit-077r-1603898589.jpg

Elizabeth Harmon

 

Um verdadeiro fenômeno que ocasionou um boom no interesse geral pelo xadrez. A busca pelo termo “chess” no Google apresentou um crescimento considerável no último mês, interesse que resulta em novos jogadores nas principais plataformas online. No chess.com, por exemplo, existem mais de 3 milhões de contas ativas, contra 1,9 milhões de contas antes do lançamento da série.

[Veja aqui o vídeo do GM Leitão com as partidas da série “Gambito da Rainha”]

 

2-Torneio de Candidatos Paralisado

Em março, a Federação Internacional de Xadrez (FIDE) suspendeu o Torneio de Candidatos 2020 em função dos problemas relacionados à pandemia. Metade da competição já foi disputada e a classificação momentânea está da seguinte maneira:

Classificação após 7 das 14 rodadas

1- Vachier-Lagrave 4,5

2- Nepomniachtchi 4,5

3- Caruana 3,5

4- Giri 3,5

5- Wang Hao 3,5

6- Grischuk 3,5

7- Ding Liren 2,5

8- Alekseenko 2,5

 

C:UsersUserDesktopvachier x nepo.jpeg

Vachier-Lagrave e Nepomniachtchi lideram o torneio que definirá o desafiante de Magnus Carlsen pelo Campeonato Mundial

 

Lembrando que o enxadrista do Azerbaijão, Teimour Radjabov, desistiu da disputa antes do início da competição. Radjabov alegou não sentir-se seguro para participar do torneio. Curiosamente, o francês Vachier-Lagrave foi o substituto e lidera o torneio. [Veja aqui as análises da partida entre Vachier e Nepo].

 

3- Magnus Carlsen Perde Depois de 125 Partidas de Invencibilidade

Depois de 125 partidas e 800 dias, Magnus Carlsen voltou a perder uma partida oficial em ritmo clássico. Apesar do revés, o campeão mundial detém o recorde histórico de invencibilidade com 44 vitórias e 81 empates. Essas partidas foram disputadas contra rivais do mais alto escalão do xadrez internacional, o que torna o recorde ainda mais impressionante.

No último dia 10 de outubro, Carlsen perdeu para o polonês Jan-Krzystof Duda (15º no ranking da Federação Internacional, com 2757 pontos), na quinta rodada do Altibox Norway Chess, disputado na cidade de Stavanger, na Noruega.

C:UsersUserDesktopcarlsen.jpeg

Duda 1×0 Carlsen

[Confira a partida que quebrou a invencibilidade do Campeão Mundial]

 

Curiosamente, Carlsen deu o troco em Duda já na rodada seguinte. A partida durou apenas 26 lances

 

4- A Polêmica na Final da Primeira Olimpíada de Xadrez Online

Na primeira Olimpíada Online de Xadrez, realizada no Chess.com, entre 22 de julho a 30 de agosto, uma desconexão global gerou uma situação inusitada na grande final.

Rússia e Índia faziam uma final equilibrada quando, no match decisivo, o GM  Nihal Sarin e a WMI Divya Deshmukh perderam a conexão e, consequentemente, as suas partidas. Contabilizando essas duas derrotas, o placar final foi de 4,5 x 1,5 para a equipe da Rússia.

C:UsersUserDownloadsoli.jpg

Os GMs Krikor Mekhitarian e Rafael Leitão transmitiram a grande final

 

Contudo, os indianos protestaram na FIDE (Federação Internacional de Xadrez) alegando que os jogadores não tiveram culpa pela desconexão. A competição terminou de maneira política.

Após verificar um problema em um dos maiores provedores de internet do mundo, o que afetou vários países, incluindo a Índia,  o presidente da FIDE Arkady Dvorkovich, que também é russo, optou por dividir o título entre os dois finalistas.

A decisão gerou revolta entre os enxadristas russos e armênios. No duelo das quartas de final, a equipe da Armênia teve um problema de conexão justamente contra a equipe da Índia, porém, neste caso, não houve perdão.

A Olimpíada foi disputada por 163 países, divididos em várias divisões. Cada equipe era formada por até 12 jogadores, 6 titulares, sendo obrigatória a presença de enxadristas do sexo feminino e de jovens até 20 anos.

A primeira fase foi disputada no sistema de grupos, seguida por uma fase eliminatória. As partidas tiveram um ritmo de 15 minutos com acréscimo de 5 segundos por lance.

 

Participação Brasileira

O Brasil disputou a divisão principal da competição e terminou na sétima colocação entre os 10 participantes do grupo D. Foram 2 vitórias, 1 empate e 6 derrotas. Apenas os três primeiros colocados se classificaram para a fase eliminatória.

 

5- Xadrez Online Cresce Durante a Pandemia

Mesmo antes da série, o xadrez (online) já havia demonstrado um crescimento forte em função do isolamento social como medida de prevenção à COVID19. Os torneios online já apresentavam crescimento desde meados de abril. Segundo os cálculos do jornal The New York Times, o número de partidas online cresceu 55% com o avanço da pandemia.

6- Sistema Suíço de Emparceiramento Completa 125 Anos

Em 15 de junho de 1895, o Dr. Julius Muller inventou o “Sistema Suíço”, uma fórmula de emparceiramentos muito interessante, pois não elimina nenhum jogador e todos jogam o mesmo número de partidas.

Não há dúvida da relevância do sistema suíço para a popularidade do xadrez no mundo. Mesmo após 125 anos de sua criação, esse sistema segue sendo muito utilizado. A maioria dos torneios no Brasil é disputada nesse formato.

 

C:UsersUserDesktopsuiço (1).jpg

Sistema Suíço

Em homenagem ao criador, o sistema também é conhecido como Muller-System. O Dr. Julius Muller viveu entre 1857 e 1917, sendo professor em Brugg, uma comunidade a cerca de 20 km de Zurique.

 

7- GM Famoso é Acusado de Trapaça no Chess.com

Evitar o uso de engines durante as partidas é um dos principais desafios do xadrez online. O enxadrista armênio Tigran L. Petrosian, que já teve 2670 de rating, foi pego pelo sistema anti-trapaça do Chess.com e acabou banido do site.

 

C:UsersUserDownloadspetrosian.jpg

Tigran L. Petrosian

 

O fato ocorreu durante a semifinal e a final da PRO Chess League, realizada entre 25 e 27 de setembro. A decisão, no entanto, se deu alguns dias depois, após Wesley So e Tigran Petrosian trocarem farpas, publicamente, a respeito da atuação do armênio na competição.

Na final, Tigran L. Petrosian foi decisivo para a vitória da equipe da Armênia contra a equipe do Saint Louis Chess Club. Petrosian fez 3,5 em 4, com vitórias contra enxadristas da elite mundial: Fabiano Caruana (2º no ranking internacional) Wesley So (8º) e Leinier Dominguez (14º). O enxadrista ainda empatou com Jeffery Xiong (31º).

Atualmente com 2601 pontos de rating, Tigran L. Petrosian é o número 260 no ranking da FIDE. Além da pontuação em si, alguns movimentos nas partidas e a postura do enxadrista (ficar olhando toda hora para baixo), foram decisivas para o site tomar tal providência.

O que mais lhe chamou no xadrez em 2020? Deixe sua opinião nos comentários.

 

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais.

Texto escrito pelo MF William Ferreira da Cruz.

One Reply to “Os 7 Principais Acontecimentos do Xadrez Internacional em 2020”

  • Hildeberto

    Ficou evidente que o xadrez online é apenas para trenamento e diversão. Torneio sério, somente no tabuleiro físico com arbitragem e fiscalização em toda área de jogo.

Deixe seu comentário