Grandes Enxadristas Brasileiros: Alexandr Fier

alexandr fier xadrez

Grandes Enxadristas Brasileiros: Alexandr Fier

O talento de Alexandr Fier

De tempos em tempos alguns enxadristas brilhantes surgem no xadrez brasileiro. O Grande Mestre Alexandr Fier é um dos maiores talentos de nossa história e é, atualmente, o enxadrista brasileiro mais ativo no cenário mundial. Segundo GM mais jovem da história do Brasil, Alexandr se acostumou desde cedo a grandes conquistas e ao protagonismo internacional. Dono de um estilo de jogo arrojado, Fier segue até os dias de hoje expandindo sua atuação pelo mundo e carregando as cores do Brasil por onde passa.

Confira a seguir alguns fatos da carreira vitoriosa deste representante de alto nível do nosso xadrez!

 

Primeiros passos

Nascido em Joinville no ano de 1988, Fier teve dentro de casa, desde muito cedo, a influência de seus pais no gosto pelo xadrez. Seus primeiros contatos com o tabuleiro e as peças se deram quando tinha três anos durante brincadeiras descontraídas com sua família. Desde então, não se afastou mais do esporte.

Tendo sempre demonstrado grande facilidade e um talento natural para o jogo, obteve grandes conquistas, como campeonatos Brasileiros e Sul-Americanos de diversas categorias, além do admirável vice-campeonato mundial sub-10 em 1998.

 

O momento decisivo

Mesmo com os resultados expressivos alcançados desde o início de sua carreira, Fier ainda não tinha certeza, até os primeiros anos de sua adolescência, se conseguiria de fato viver do xadrez. O momento decisivo para ele veio em junho de 2004, no VI Magistral Comunic, realizado em São Paulo. Depois de um período de quase um ano e meio de inatividade em competições valendo rating, Alexandr chegou ao torneio praticamente como um desconhecido.

Sem alarde, conquistou o segundo lugar, ficando atrás do uruguaio Andrés Rodríguez. Sua pontuação de 7,5 lhe garantiu a primeira norma de Mestre Internacional, uma das principais titulações do xadrez. Alguns meses depois, na Olimpíada de Xadrez daquele ano, obteve o título de MI.

 

Baixe agora nosso novo e-book gratuito!

 

Conquistas importantes

Fier teve importantes conquistas. Foi campeão brasileiro de diversas categorias e também absoluto, título conquistado em 2005 e 2017, ambos de forma invicta. Venceu por duas vezes o Torneio Zonal Sul-Americano, e em 2009 foi campeão do prestigiado Aberto de Sants, na Espanha.

Nos últimos anos, destacam-se o título do XTRACON GM Open, disputado na Dinamarca em outubro de 2014, e do Hampstead Masters, jogado em Londres em dezembro do mesmo ano. Em 2015, além de disputar inúmeras competições internacionais, venceu alguns torneios em solo brasileiro, como o 16º Torneio Regional Sul, disputado em Curitiba, e os Jogos Abertos de Barretos. Destaque também para o bicampeonato do Aberto da Bulgária e boas atuações nas Copas do Mundo de Xadrez. Alexandr representou o Brasil nas edições de 2004, 2006, 2010, 2012, 2014 e 2016 da Olimpíada de Xadrez.

Recentemente, Fier jogou alguns torneios no Brasil com excelente desempenho, vencendo o Campeonato Paranaense e o Campeonato Brasileiro 2017.

 

Momento atual e perspectivas

Vivendo desde 2013 em Tbilisi, capital da Geórgia, Fier vem adquirindo ainda mais experiência desde que deixou o Brasil. Seus últimos anos foram marcados por uma intensa rotina de competições em vários continentes, tendo visitado mais de cinquenta países ao redor do mundo. Dessa forma, tem se mantido em contato constante com grandes talentos do xadrez e consolidado seu nome entre os enxadristas com perspectivas mais animadoras da atualidade.

Alexandr Fier é, sem dúvida, um talento global. Prever os próximos passos de um enxadrista tão ativo e ousado não é uma tarefa simples. Sua juventude, aliada à sua saudável ambição, o tornam uma figura extremamente interessante e que merece atenção especial. Por ser um prodígio brasileiro e ter potencial para levar o nome do país a um destaque ainda maior no cenário enxadrístico internacional, merece ser acompanhado de perto. Quem sabe ele será o primeiro brasileiro a cruzar a “sagrada” barreira dos 2700 pontos?

O que você achou de saber um pouco mais sobre a carreira deste jovem Grande Mestre brasileiro? Leia também nosso artigo sobre grandes prodígios do xadrez moderno e conheça alguns dos mais brilhantes enxadristas da atualidade!

 

Conheça nosso canal no Youtube!

Comment ( 1 )

  • Mike Ramos

    Faltou informar a grande vitória de Fier no Zone 2.4 e 2012.

Post a Reply