O Que Você Pode Aprender com o Título de Ding Liren na Sinquefield Cup

Sabe aquele adversário que você sempre perde? Você estuda as partidas dele, se prepara, joga como nunca, mas no fim o resultado é o mesmo. As derrotas se acumulam e o sistema de emparceiramento parece contribuir para a causa, seja no início ou nas últimas rodadas, você sempre enfrenta o temido rival.

 

Carlsen x Ding Liren

Essa situação também acontece na elite. Afinal, é possível não temer Magnus Carlsen? O chinês Ding Liren, por exemplo, é o atual número três do mundo e nunca venceu Magnus Carlsen em uma partida clássica. São oito empates e uma derrota. No Champions Showdown 2017, disputado em partidas rápidas e blitz, Carlsen massacrou o chinês com 16 vitórias, 12 empates e apenas duas derrotas.

Ding Liren é um ser humano e, com certeza, sente aquele friozinho na barriga quando enfrenta o atual campeão mundial. No entanto, quanto mais você estuda xadrez, mais confiante você se sente para enfrentar qualquer tipo de rival. Além das questões técnicas do jogo, para vencer esse tipo de adversário é preciso eliminar todos os bloqueios mentais. A vitória Ding Liren na Sinquefield Cup 2019 é um grande exemplo.

 

Carlsen x Ding Liren

 

Chinês Supera Traumas e Vence 

Até então, Ding Liren nunca havia conquistado o título em um torneio com a participação do atual campeão mundial. Para o problema ficar maior, o título da Sinquefield Cup 2019 foi decidido nos desempates em partidas de rápido e blitz. Magnus Carlsen não perdia uma única partida de desempate desde 2007. Nesse período foram dez desempates com dez vitórias. 

Tente se colocar no lugar do enxadrista chinês poucos minutos antes dos desempates. Ninguém apostava em sua vitória, mas ele manteve-se firme, com a força técnica e psicológica necessária para jogar um xadrez espetacular. Ding Liren pressionou nas partidas rápidas, que terminaram com dois empates, e foi claramente superior nas duas partidas de blitz, quando saiu vitorioso nas duas ocasiões.

 

Carlsen se rende a Ding Liren

Ding Liren falou sobre sua vitória e de como lidou com a pressão: “Nos desempates eu estava muito diferente do que no torneio. No torneio, como eu disse, eu estava realmente estressado. Terminei a competição com um resultado muito bom e queria me sair ainda melhor. Encarei o desempate como um bônus, ganhei o primeiro prêmio e alcancei meu objetivo. Sinto-me relaxado e gostei de jogar essas partidas”, afirmou o campeão.

Essa declaração demonstra que Ding Liren não ficou pensando nas estatísticas, ele esqueceu o passado e tentou viver o presente com a maior tranquilidade possível. Não é fácil esquecer um histórico de derrotas, mas é preciso lutar e jogar apenas contra as peças.

 

Mais Sobre a Sinquefield Cup 

A Sinquefield Cup 2019 foi realizada entre os dias 15 e 29 de agosto no Saint Louis Chess Club, Estados Unidos. Criada em 2013, faz parte do circuito de competições do Grand Chess Tour. Trata-se de um dos torneios mais fortes do ano. Magnus Carlsen, Fabiano Caruana e Levon Aronian são os maiores campeões com dois títulos cada. O trio compartilhou o título em 2018. Na ocasião, não houve desempates. Além de Ding Liren, Wesley So e Maxime Vachier-Lagrave também já conquistaram o título. 

 

 

Ding Liren finalmente conseguiu ganhar um torneio com Magnus Carlsen. E você, já superou seus fantasmas e conseguiu vencer aquele temido adversário? Conte sua experiência nos comentários.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

Fotos: Site Oficial

Texto escrito pelo MF William Cruz

No comments

Deixe seu comentário